Indústria de implementos rodoviários registra queda de 9,01% de janeiro a julho de 2014

As vendas de implementos rodoviários de janeiro a julho de 2014 ficaram 9,01% abaixo do registrado no mesmo período de 2013. Em sete meses a indústria fabricou 91.304 unidades ante 100.349 produtos em igual período do ano passado.

A queda nas vendas acompanha o ritmo desaquecido da economia brasileira, independente das linhas de crédito à disposição do mercado com juros de 6%,no programa PSI/Finame.

“O setor está caminhando para retração em torno de 10%”, afirma Alcides Braga, presidente da Anfir (Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários). “Os reflexos do desaquecimento da economia são sentidos com muita intensidade pela indústria”, completa.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em junho o desempenho industrial recuou 1,4%, representando a quarta queda seguida no ano.

O segmento de reboques e semirreboques (Pesado) apresentou de janeiro a julho de 2014 vendas 14,02% abaixo das registradas no mesmo período de 2013: 33.330 unidades ante 38.766 produtos comercializados.

No segmento de carroceria sobre chassis (Leve) a retração foi de 5,86%. As vendas de janeiro a julho totalizaram 57.974 unidades, contra 61.583 produtos entregues no mesmo período de 2013.

Fonte: Assessoria de Imprensa




Deixe sua opinião sobre o assunto!