Iveco apresenta blindado Guarani em MG

Nesta sexta-feira 22, a Iveco estará presente no seminário sobre “A participação da Indústria de Contagem e Minas Gerais nos Projetos Estratégicos da Indústria de Defesa do Brasil”, que promoverá a discussão de estratégias para fomentar o desenvolvimento dessa atividade industrial no país. Entre as autoridades convidadas estão o Ministro da Defesa, Celso Amorim, e o Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, professor Clelio Campolina Diniz.

O encontro é organizado pela Prefeitura de Contagem e a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais e será realizado no Actuall Hotel, em Contagem. Durante todo o dia, palestras e debates com especialistas, empresários e gestores públicos abordarão a evolução de pesquisas, projetos, produção e serviços voltados para a segurança nacional.

A Iveco apresentará ao público do seminário o VBTP-MR Guarani, blindado desenvolvido em parceria com o Exército Brasileiro para substituir os modelos Urutu e Cascavel, que estão em operação há mais de 40 anos nas Forças Armadas. Para produzir o blindado, a Iveco inaugurou em 2013 uma unidade de Veículos de Defesa no Complexo Industrial de Sete Lagoas/MG. A criação da unidade representou a criação de 350 empregos diretos e 1400 indiretos, além da ativação de uma vasta cadeia de fornecedores nacionais para fabricar o Guarani.

“A produção do Guarani é um marco para a indústria bélica brasileira porque mostra que o país tem condições de desenvolver equipamentos de defesa de alta tecnologia e competir no mercado mundial”, afirma Giovanni D’Ambrosio, diretor industrial da fábrica de Veículos de Defesa da Iveco em Sete Lagoas e palestrante da marca no seminário desta sexta-feira.

LEIA MAIS  Iveco reestrutura rede de concessionárias e amplia a capacidade de atendimento

Além de GPS e ar-condicionado, o VBTP-MR Guarani tem sistema automático de detecção e extinção de incêndio, capacidade de operação noturna de série e tecnologias que dificultam sua localização pelos inimigos. A fábrica de Veículos de Defesa em Sete Lagoas é a única do gênero inagurada pela Iveco fora do continente europeu. A experiência mundial da marca na fabricação de veículos do gênero é de mais de 75 anos.

Novos mercados

De acordo com Del Noce, diretor da Iveco Veículos de Defesa para a América Latina, o mercado brasileiro abre grandes oportunidades para novos produtos da Iveco Veículos de Defesa. Além dos projetos desenvolvidos em parceria com o Exército Brasileiro – com destaque para o Guarani –, novos produtos do vasto portfólio da Iveco Veículos de Defesa podem ser utilizados pelas polícias estaduais no país. Um exemplo é o jipe multifuncional LMV, comercializado pela a mais de 50 países.

“Já vendemos mais de 5.000 unidades do LMV no mundo todo, fato que atesta a qualidade do nosso produto. Por ser um veículo confiável, seguro e de grande versatilidade, acreditamos que ele poderia se encaixar muito bem em missões como a pacificação de zonas de conflito em ambiente urbano, bem como a missões do próprio Exército Brasileiro”, afirma o executivo.

LEIA MAIS  Carboni passa a representar a marca Case IH no litoral catarinense

Máquinas de Construção

nh_construction___maquinas_camufladas




Além da Iveco, outra marca da CNH Industrial tem tradição no fornecimento de equipamentos ao Exército. A New Holland Construction, que tem fábrica em Contagem (MG), é fornecedora de equipamentos de construção para o Exército Brasileiro, desde 2005. Mais de 100 unidades da marca – entre escavadeiras, motoniveladoras, retroescavadeiras, pá carregadeiras e tratores de esteiras – já foram entregues às Forças Armadas, sempre com pintura camuflada. “A parceria com o Exército muito nos orgulha, pois atesta qualidade e desempenho operacional dos nossos equipamentos”, explica Marcos Rocha, gerente de Marketing de Produto New Holland Construction.

No seminário, a New Holland Construction apresenta a nova pá carregadeira 12D e a evolução da sua linha de produtos. A 12D, um dos mais recentes lançamentos da fabricante na América Latina, foi projetada a partir de informações dos clientes em todos os estágios. A máquina foi desenvolvida para atender as prioridades dos usuários e chega ao mercado oferecendo mais segurança e conforto para o operador, facilidade de uso e de manutenção, produtividade e desempenho. “A nova pá carregadeira imprime força e agilidade em qualquer aplicação de carregamento ou movimentação de materiais”, completa Rocha.

Fonte: Iveco




Deixe sua opinião sobre o assunto!