Latin NCAP vai avaliar a segurança de picapes

Devido a praticidade no trabalho e também às versões capazes de servir as mais diversas famílias, as picapes se posicionaram como os veículos mais vendidos em vários mercados, o que inclui o Brasil, onde a Fiat Strada ocupa o primeiro lugar do ranking dos veículos comerciais, e a Argentina, que tem a Toyota Hilux como o modelo mais emplacado no acumulado da categoria. Mas apesar disso, o Latin NCAP, órgão que avalia a segurança de carros vendidos na América Latina, ainda não inclui utilitários em seus testes.

Em entrevista concedida ao site Argentina Autoblog na realização da “Fase V”, que colocou à prova os compactos Chevrolet Onix, Fiat Palio e Peugeot 208, o diretor técnico do Global NCAP e do Latin NCAP, Alejandro Furas, revelou que a instituição deverá testar em breve os modelos picapes.

“O laboratório da ADAC tem capacidade para realizar testes de carros de até 3,5 mil kg a até 120 km/h. Como sempre mencionados, o Latin NCAP tem limitações para testar todos os carros que existem no mercado. Uma maneira de tornar possível de testar todos os modelos é fazer com que os governos determinem que os consumidores devem ser informados sobre todos os carros disponíveis antes de comprá-los e que o Latin NCAP deve qualificá-los”, disse Furas.

“Isso tem custo zero para os governos e representa um benefício para os compradores de carros. De qualquer forma, é de se esperar que o Latin NCAP incorpore em breve esse tipo de veículo ao programa de testes”, completou o executivo.

Os próximos resultados serão divulgados no fim de outubro, antes do Salão do Automóvel de São Paulo. Ainda não se sabe quais modelos serão avaliados.

Fonte: Ig Carros




Deixe sua opinião sobre o assunto!