Novo trecho da duplicação da Serra do Cafezal é liberado na Rodovia Régis Bittencourt

serracafezal




Nesta sexta-feira (1/8), foram liberados três quilômetros de duplicação da BR-116/SP/PR, na Serra do Cafezal. A Autopista Régis Bittencourt, empresa concessionária responsável pelo trecho, realizou os trabalhos no novo trecho, que compreende dois segmentos no sentido São Paulo, entre o km 363 e o km 361,5, bem como entre o km 349 e o km 347,5.

A concessionária seguirá com obras em outros dois segmentos da Serra do Cafezal, em trechos intercalados, no total de sete quilômetros, em ambos os sentidos da rodovia. Na altura do km 357, está o túnel de maior extensão projetado para as obras, com aproximadamente 800 metros de comprimento. Outros dois túneis serão implantados no km 360 e no km 361, que juntos somam quase 600 metros. Nesse trecho, também estão os dois viadutos mais extensos que compõem as obras de duplicação, com 1,2 quilômetros de comprimento.

Com a conclusão dos trechos, a Serra do Cafezal contará com 22 quilômetros de pista nova duplicada, três túneis e 14 viadutos até o final de 2015. O quarto túnel previsto para a duplicação ficará localizado no km 349, próximo ao Posto Graal Japonês. O trecho restante de oito quilômetros na parte central da Serra, ainda não iniciados, receberá obras na sequência, com contratações por lotes, como tem sido realizado até agora.

LEIA MAIS  Após decisão do ministro Fux do STF, piso mínimo de fretes está valendo para todos os fretes

Concessão

A duplicação da Serra do Cafezal é a obra mais importante do contrato de outorga firmado entre a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a concessionária, pelo fato de o trecho ser o único em pista simples da rodovia.

A extensão total da duplicação é de 30 quilômetros, começando no km 336,7 (Juquitiba/SP) e terminando no km 367 (Miracatu/SP) da rodovia Régis Bittencourt. Destes 30 quilômetros, 11 já foram duplicados e estão em operação. São 36 pontes e viadutos e quatro túneis projetados para minimizar o impacto ao meio ambiente. A conclusão total da duplicação da Serra do Cafezal está prevista para fevereiro de 2017.

LEIA MAIS  Propostas prioritárias do governo para infraestrutura já tramitam no Congresso

Fonte: ANTT




Um comentário em “Novo trecho da duplicação da Serra do Cafezal é liberado na Rodovia Régis Bittencourt

  • 05/08/2014 em 21:20
    Permalink

    ATE QUE O PEDAGIO ESTA SERVINDO PARA ALGUMA COISA

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!