Caminhões de todo o país devem ter tacógrafo digital

tacografo




O Ministério Público do Trabalho (MPT) recomendou à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) que implemente regulamentação administrativa exigindo a adoção do tacógrafo digital para os veículos destinados ao transporte de carga no país. O equipamento registra de forma automática os dados relativos à condução dos veículos, tempo de direção e de repouso dos condutores.

A recomendação foi encaminhada à Agência Reguladora, no dia 15 de setembro, após várias reuniões do MPT com dirigentes da ANTT. O documento pede que todos os veículos de carga que necessitem do Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas passem, em prazo razoável, ainda não definido, a adotar o tacógrafo digital.

O MPT entende que essa providência irá viabilizar o controle do tempo de direção e permitir aos órgãos de fiscalização do trabalho e do sistema nacional de trânsito a elaboração de políticas públicas que garantirão à sociedade um trânsito mais seguro e condições dignas de trabalho aos motoristas profissionais.

O equipamento digital é mais seguro e mais preciso do que o analógico e permite comprovar se os motoristas e as empresas de transporte cumprem a legislação quanto ao tempo de condução e de repouso dos motoristas.

Caos

O setor do transporte rodoviário brasileiro vem sendo investigado pelo MPT desde 2007. As milhares de mortes envolvendo motoristas de carga geram um prejuízo anual de mais de R$ 60 bilhões à sociedade. O MPT também constatou que o excesso de jornada é o principal causador do caos rodoviário, levando cerca de 30% dos motoristas profissionais ao uso de drogas.

Segundo o procurador do trabalho Paulo Douglas Almeida de Moraes, “neste cenário, torna-se essencial o efetivo controle da jornada de trabalho e do tempo de direção dos motoristas, tarefa que se mostra dificultada pelas vulnerabilidades do tacógrafo tradicional, que além de dificultar a coleta de informações é suscetível a fraudes”, ressalta.

Fonte: Ministério Público do Trabalho





6 comentários em “Caminhões de todo o país devem ter tacógrafo digital

  • 27/04/2019 em 21:02
    Permalink

    Nossa malha é antiga e com tecnologia atrasada!

    Precisamos de estradas com várias pistas, menos curvas, melhor qualidade do piso e segurança em todo território nacional.

    Os veículos tem renovação de tecnologia gradual, nossas estradas matam mais qualquer outro item.

    Resposta
  • 18/09/2014 em 20:40
    Permalink

    e alguem que tem fabrica de tacografo digital, e tem parente no ministerio publico, se aprovarem a lei vao ganhar um boa comissao e nos motoristas vamos comprar todos calados com o rabo entre as pernas como sempre.

    Resposta
  • 17/09/2014 em 22:18
    Permalink

    Tacógrafo Digital, pedágio para eixo suspenso, afora outros inúmeros tipos de multas e ainda segundo recente estudo o Brasil precisaria de aproximadamente 200 bilhões de reais para resolver o problema do transporte no País. Sabe quando o problema vai ser resolvido?
    Quando caminhão voar.

    Resposta
  • 17/09/2014 em 20:20
    Permalink

    Pouca vergonha mesmo! Em 1999 todos tiveram que arcar com os tacógrafos e agora novamente esses digitais. Caminhoneiro autônomo como eu não aguenta mais, e conta daqui é conta de lá, tá dificil, agora mais essa noticia é pra caba mesmo.Se o governo quer nos controlar até na hora de ir no banheiro, então ele que arque com esses tais tacógrafos digitais. É mais uma vez chego a conclusão que preciso é mudar de ramo mesmo, não aguento mais……….

    Resposta
  • 17/09/2014 em 13:14
    Permalink

    tanto problema no Brasil para resolver e ficam em cima dos caminhoneiros, tendo agora desembolsar mais de 2 mil reais porque não querem mais o tacógrafo analógico., pouca vergonha!

    Resposta
    • 28/04/2019 em 08:53
      Permalink

      Motoristas autonomo virou uma classe de trabalhadores más perseguida pelo governo,será que nao tem outra coisa pra fazerem.

      Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!