F-Truck: Cordoba representa desafio inédito para quatro pilotos

A temporada de 2014 do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck terá neste domingo (14) a sétima de suas dez etapas. A corrida vai confrontar os 26 pilotos da categoria no Autódromo Oscar Cabalén, em Alta Gracia, localizada na província de Córdoba, e representará a sexta apresentação dos caminhões mais rápidos do mundo na Argentina – o país integra o calendário da categoria ininterruptamente desde a temporada de 2009.

A atuação na Argentina é inédita para três dos pilotos que disputam o campeonato deste ano. Os paranaenses Jaidson Zini, da equipe Dakarmotors, Marcello Cesquim, da ABF Racing Team, e Fabiano Brito, da Falsi & Falsi, além da paulista Michelle de Jesus, da ABF Motorsport, ainda não pilotaram no traçado argentino de 3.691 metros, composto por oito curvas, onde a F-Truck já superou a casa dos 145 km/h de média horária.

Zini, piloto de um caminhão Iveco, pesquisou informações sobre a pista analisando videotapes das etapas anteriores realizadas em Córdoba e também no simulador da Fórmula Truck. “É uma pista de alta, pistas de alta sempre são sempre as minhas preferidas”, comentou. “Estou bem confiante para a corrida de domingo. O trabalho para evitar quebras está feito, e quanto a evitar batidas o caminho é tentar largar um pouco mais à frente”.

Michelle de Jesus também fez treinos no simulador da Fórmula Truck para se familiarizar à pista. “O jogo é bem diferente do caminhão de verdade, mas pelo menos já sei para que lado tenho de virar”, brinca a titular do Volvo número 33. Competir fora do Brasil não é algo inédito na carreira da piloto de Jundiaí, que no ano passado fez uma participação em uma das etapas da Nascar Euroseries no circuito de Dijon-Prenois, na França.

Brito já até esteve no pódio na etapa argentina da Fórmula Truck, com o quinto lugar em Buenos Aires em 2009. Esta será sua primeira participação em Córdoba, que integra o campeonato desde 2012. “Nunca andei em Córdoba e quero terminar a corrida, marcar ponto. Estamos tentando desenvolver o caminhão sem ter um orçamento bom, então o processo é um pouco difícil”, ponderou o piloto, que desde a etapa de Cascavel compete com um Scania.

Nono na classificação do campeonato, Cesquim é o melhor colocado entre os três pilotos que atuam na Fórmula Truck como estreantes. “Pelo que vi a pista tem características similares a circuitos onde eu gosto de pilotar. Por ser uma novidade, terminar na zona de pontos já será uma vitória”, diz o piloto do Mercedes-Benz número 90, que marcou pontos em todas as etapas já disputadas – seu melhor resultado foi o sexto lugar em Brasília (DF).

Programação

As atividades alusivas à etapa argentina terão início na quinta-feira (11), com a realização do Truck Kids no Centro Cívico de Córdoba, a partir das 13h – as ações do projeto social criado em 2009 também serão desenvolvidas no autódromo na tarde de sexta-feira (12), a partir das 15h30, logo após o término da programação de treinos livres. Serão duas sessões livres de treinos, com 60 minutos de duração, cada, com início previsto para as 11h e as 14h.

No sábado (13) serão realizadas mais duas sessões de treinos livres, com duração de 45 minutos, cada, a partir das 8h30 e das 10h15. As tomadas de tempo classificatórias para definição das posições de largadas terão início às 13h e serão transmitidas ao vivo pelo site formulatruck.com.br. A corrida de domingo será transmitida para todo o Brasil pela Rede Bandeirantes em HD, a partir das 13h – a largada para 60 minutos de prova será dada às 13h15.

Fonte: Fórmula Truck