F-Truck: Monteiro vai à Argentina motivado a repetir vitória de 2013

Demoraram seis etapas para o Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck conhecer seu segundo vencedor. Depois de cinco vitórias de Leandro Totti com o Volkswagen da RM Competições/MAN Latin America, foi Beto Monteiro quem recebeu a bandeira quadriculada em primeiro lugar na sexta etapa, disputada na pista gaúcha de Santa Cruz do Sul no dia 17 de agosto. Foi a 11ª vitória na categoria do piloto pernambucano, que compete pela Scuderia Iveco.

“A sensação da vitória é única, e essa veio em um ótimo momento”, diz o atual campeão da Fórmula Truck, citando a fase de forte negociação entre os pilotos e as equipes visando à temporada de 2015, a vigésima da história da competição. Monteiro não festejava uma vitória desde a sétima corrida do ano passado, disputada em Córdoba, na Argentina – pista que receberá a categoria para a sétima etapa, marcada para o dia 14 de setembro.

Voltar ao palco da vitória que sacramentou em 2013 seu segundo título brasileiro na Fórmula Truck também motiva Monteiro. “Córdoba é uma pista em que a gente pode se dar bem. Não dá para considerar tanto a questão pista, as equipes sabem suas vantagens e desvantagens e como trabalhar isso, mas o que anima é que os nossos caminhões evoluíram muito nas últimas corridas e isso é indicativo de que podemos pensar em voar alto, sim”, comenta.

LEIA MAIS  Governo desiste de acabar com placa Mercosul e promete melhorar segurança

Monteiro empata em quarto lugar na classificação do campeonato com o paulista Roberval Andrade, da Ticket Car-Corinthians Motorsport – no eventual critério de desempate, que tem o número de vitórias como primeiro critério, é o pernambucano quem leva vantagem. Totti lidera com 152 pontos. O paulista Felipe Giaffone, também da RM Competições, é vice-líder com 106. Tem três a mais que o paranaense Wellington Cirino, da ABF-Santos Desenvolvimento.

Os 90 pontos de desvantagem em relação ao líder, havendo 128 ainda em jogo nas quatro últimas etapas, fazem Monteiro reconhecer a dificuldade da conquista do tricampeonato já em 2014. “O que não tira o foco do trabalho. Nós estamos desde o início do ano focados em chegar o mais à frente possível, e a vitória na última corrida não só deu uma injeção de ânimo em todos na equipe como também mostrou que temos um grande potencial”, finaliza.

LEIA MAIS  Carboni passa a representar a marca Case IH no litoral catarinense

Fonte: Fórmula Truck




Deixe sua opinião sobre o assunto!