John Deere na 37ª Expointer

O Rio Grande do Sul desenvolve um papel de destaque na agricultura brasileira. Com a expectativa de mais de 30,75 milhões de toneladas de grãos colhidos na safra 2013/2014, segundo a Emater/RS, o Estado ultrapassa o antigo recorde de 2010/2011, período que marcou 28,64 milhões. É neste cenário que acontece a Expointer, uma das mais importantes feiras do setor agropecuário, realizada em Esteio (RS), de 30 de agosto a 07 de setembro.

Com base nessas características de produção, os agricultores têm apostado cada vez mais em equipamentos que possibilitem melhor desempenho, em um tempo menor e com o custo reduzido. “A John Deere acredita que as decisões certas impactam diretamente na rentabilidade da produção agrícola. Atuamos para contribuir com o produtor a tomar as melhores decisões”, afirma Celso Schwengber, diretor de Vendas para América Latina.

A John Deere tem como princípio ir ao encontro das necessidades do agricultor, por isso, investe continuamente nas fábricas, rede de concessionários e desenvolvimento tecnológico. Preocupada em atender a todas as necessidades, do pequeno ao grande produtor, a John Deere oferece mais que produtos, e garante soluções integradas aos agricultores, em todas as fases do processo. “O que o produtor rural mais precisa é que sua propriedade seja eficiente, e nossas tecnologias e produtos são direcionados para eficiência produtiva”, salienta Schwengber.

Desde 1999, a John Deere tem realizado uma série de investimentos no Brasil. Especificamente no Rio Grande do Sul, a empresa ampliou a fábrica de colheitadeiras e plantadeiras de Horizontina e instalou uma das mais modernas fábricas de tratores do mundo em Montenegro. Para a Expointer, a empresa traz novidades compatíveis às características do importante mercado gaúcho, como o lançamento da Série S de Colheitadeiras, nas versões grãos e arroz, os tratores cabinados da Série 5E, trator 6205J, além de outros 26 produtos que estarão em exposição no estande.

Melhores soluções para o desafio da colheita de arroz

A colheita de arroz é um dos pontos fortes do Rio Grande do Sul e tem avançado cada vez mais, chegando a atingir 10% da área destinada ao produto no Estado, o que deve somar o recorde de 8,5 milhões de toneladas colhidas, de acordo com a Emater/RS. Destinada especificamente para essa cultura, a John Deere traz ao evento o lançamento da Colheitadeira da Série S versão arrozeira, presente nos modelos S540, S550 e S660, esse último com a disponibilidade da plataforma Draper, que possibilita melhor corte e alimentação da máquina.

Entre os principais diferenciais da máquina estão o desempenho nas mais variadas condições de colheita e a versatilidade de poder colher outras culturas, como a soja, apenas com um simples ajuste. Ou seja, o agricultor que produz soja em rotação com arroz, também pode utilizar a Colheitadeira da Série S versão arrozeira, uma grande vantagem já que em único equipamento é possível contemplar as mais diversas necessidades sem precisar investir em outro produto específico.

Nesta máquina, alguns detalhes são fundamentais. Para regular o equipamento com mais agilidade, os produtores contam com o Sistema de Ajuste Interativo (ICA). Já o DF3 – Sistema Ativo de Limpeza Série S, proporciona grãos mais limpos, evitando perdas e melhorando a qualidade do produto final – isto ocorre porque o volume de material trilhado é mais alto e movimenta o conteúdo de maneira uniforme para a caixa de peneiras. Outra facilidade é o Sistema Isócronos de controle de potência, que possibilita a rotação reduzida do motor e, consequentemente, um menor consumo de combustível, aprimorando a eficiência da colheitadeira. Além disso, a nova cabine torna a operação mais fácil, fazendo com que o produtor seja capaz de aproveitar ao máximo a capacidade deste equipamento.

Empresa segue atenta às tendências de mercado

Atenta às solicitações dos seus consumidores e suas necessidades no dia a dia, a John Deere desenvolveu a Série 5E de tratores, agora cabinados (5078E; 5085E e 5090E) um dos principais lançamentos na Expointer 2014. A cabine original John Deere proporciona que as operações agrícolas sejam realizadas no momento ideal para o produtor, independente do clima, com total garantia de conforto e segurança, além disso, o agricultor tem a possibilidade de utilizar o piloto automático e a antena StarFire. Já os modelos 5055E, 5065E e 5075E são os mais econômicos da categoria e sua manutenção de rotina é simples.

O Brasil tem seguido firme na produção de frutas, com quantidade que já ultrapassa 40 milhões de toneladas, segundo números apurados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para os fruticultores, a John Deere lança na Expointer o trator fruteiro 5075EF, que com 1,3 metro de largura externa é 16% mais estreito que o principal concorrente e chega com facilidade aos locais com difícil acesso e causa menos danos às culturas.

Outro grande lançamento da John Deere apresentado na feira é o trator 6205J, um equipamento de chassi integral que evita esforços de tração e torção no conjunto motor/transmissão, garantindo uma durabilidade superior. A localização dos filtros e pontos de inspeção também foi projetada ao alcance do operador, o que facilita a manutenção de rotina. O assento com suspensão a ar fornece mais conforto em longas jornadas de trabalho e a opção de piloto automático possibilita menos desgaste e redução do consumo de insumos.

Para o plantio, a John Deere leva ao evento as plantadeiras 1111 e 2113. São equipamentos que possuem a exclusiva tecnologia do sistema VacuMeter, que deposita as sementes no lugar correto com o máximo de precisão, além disso, garante mais velocidade no plantio e evita desperdícios. Essa etapa do trabalho no campo corresponde a 73% do investimento do custo de insumos da produção para o agricultor, por isso a importância de equipamentos que garantem que as sementes sejam plantadas à profundidade correta e bem distribuída.

Já na parte de aplicação de defensivos agrícolas, o destaque da empresa na Expointer é o pulverizador 4630 para grãos que possui tanque de combustível com capacidade de 268 litros. Esse produto possui um sistema SprayStar, que controla o fluxo e pressão na aplicação, barras de 24,4 metros com acionamento hidráulico e suas barras são as mais estáveis da categoria.

Dentre os produtos que serão lançamentos da John Deere, na Expointer, é a enfardadora 469. O equipamento, que também é utilizado em pastagens, possui rolo ajustável na frente do recolhedor, produzindo um fluxo de material mais homogêneo e contínuo, elabora fardos cilíndricos com excelente densidade e qualidade com largura de 1,7 metros e diâmetro variável.

Eficiência no campo

Para garantir que o trabalho na lavoura tenha mais rendimento, todas as máquinas ganham ainda mais eficiência, precisão e produtividade com o uso do sistema AMS, ou Soluções em Gerenciamento Agrícola. Na Expointer, os visitantes poderão verificar o mais novo sistema de gestão de água em superfície, o Surface Water Pro Plus, que é capaz de levantar dados altimétricos para planejar o preparo do solo em cultura de arroz ou drenagem de rotação de soja. Ele garante que a operação de irrigação seja mais veloz e planeja a criação das curvas de nível, também atuando em situações adversas como poeira e vento.

Parte do sistema, o software AgroCad manipula todos os dados que são captados pelo Surface Water Pro Plus e cria os perfis de nível e drenagem para as lavouras de arroz ou soja. Assim, o agricultor pode realizar planejamento prévio de suas ações e corrigir possíveis desperdícios de água, o que garante mais economia e maior produtividade. Em relação à maneira convencional, o produtor consegue realizar a operação na metade do tempo.

Além de políticas de fomento e pesquisa, a assistência técnica é um dos pontos importantes que devem colaborar para que o Brasil alcance o índice de 200 milhões de toneladas de grãos produzidos. A John Deere entende essa importância, aposta no serviço de Pós-Venda e na Expointer comercializará peças originais de fábrica que garantem mais desempenho e durabilidade ao maquinário.

Também participará da Expointer o segmento de Construção da John Deere, com uma retroescavadeira 310K, que estará exposta no estande agrícola. O representante da linha de Construção da John Deere é o distribuidor Tauron Equipamentos.

Por gerações

Na Expointer haverá um espaço exclusivo dedicado à campanha institucional da empresa “Por gerações”, que reafirma o compromisso em crescer junto dos produtores brasileiros. Os visitantes poderão participar de um Quiz com perguntas relacionadas à John Deere e os que acertarem ganharão o exclusivo livro culinário “Essa receita tem história”. Ele foi composto por clientes da fan page da empresa no Facebook. A interação entre o on-line e off-line também se mostra presente na escolha do aroma do estande, que poderá ser feita na página oficial da John Deere. Entre as opções estão cheiro de terra molhada, café, chuva e grama.

Fonte: John Deere




Deixe sua opinião sobre o assunto!