Mercedes-Benz é destaque no Fórum SAE

por Blog do Caminhoneiro

Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO para América Latina, realizou a palestra de abertura do 11º Fórum de Tecnologia de Motores Diesel da SAE Brasil, entidade filiada à SAE International, uma das mais conceituadas associações mundiais de engenharia da mobilidade, em Curitiba, no Paraná.

Sob o tema “O papel do diesel – presente e futuro”, o evento é coordenado pela SAE BRASIL Seção Paraná – Santa Catarina. O fórum acontece nos dias 2 e 3 de setembro, no auditório e salão de eventos do prédio da pós-graduação no campus da Universidade Positivo. A temática das apresentações e debates foi cuidadosamente selecionada para abordar os temas mais atuais e ainda demonstrar as tendências tecnológicas que darão ao motor diesel a manutenção da liderança em eficiência energética, associada à conformidade ambiental e à inigualável capacidade para o trabalho pesado.

“É uma grande honra e satisfação participar desse importante evento, o que reafirma a longa parceria e a ampla cooperação da Mercedes-Benz com a SAE”, afirma Philipp Schiemer. “Em nossa Empresa temos paixão pela inovação e pelo desenvolvimento de soluções para o transporte de carga e passageiros. Levaremos essa experiência para debater e desenhar, em parceria, o futuro da força motriz da mobilidade no Brasil, que é o motor diesel”.

A solução mais eficiente e econômica

Na visão de Philipp Schiemer, “o motor diesel sempre foi uma máquina de elevada eficiência. Com o passar dos anos, se transformou na mais expressiva forma de transportar pessoas e produtos. E assim deverá permanecer por muitos anos ainda, assegurando força, economia e compatibilidade ambiental”.

O conceito diesel foi introduzido no Brasil de forma pioneira pela Mercedes-Benz, em 1956, mudando a história dos meios de transporte no País. Em 1956, foram produzidos o primeiro caminhão e ônibus no Brasil com motor diesel, ambos da marca Mercedes-Benz. Como decorrência, houve também um forte impulso no setor automobilístico brasileiro.

O desenvolvimento do motor diesel é uma história de sucesso no Brasil. De 1990 até 2012, os motores diesel reduziram 98% de emissões de Material Particulado e 86% de Óxidos de Nitrogênio. Uma evolução sem igual. Hoje em dia, não há mais fumaça visível nos dutos de escape dos veículos comerciais.

A evolução do diesel no Brasil registrou um grande salto de qualidade em 2012, com a introdução do diesel S50, seguido agora pelo S10, a fim de atender à legislação Proconve P-7 (Euro 5).

Tendências tecnológicas

De acordo com o presidente da Mercedes-Benz do Brasil, eficiência e sustentabilidade são desafios fundamentais para os players do desenvolvimento e produção do motor diesel no Brasil. O objetivo é conjugar de forma harmônica a maior eficiência possível em termos de rendimento e consumo com menores níveis de emissões.

O foco na sustentabilidade aponta também para uma maior adequação à utilização de combustíveis alternativos, como biodiesel, diesel de cana, diesel+GNV e outros que possam vir a ser desenvolvidos levando em conta sua viabilidade técnica, ambiental e comercial.

Fonte: Mercedes-Benz

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário