Polícia prende suspeitos de integrar quadrilha de roubo de cargas no PR

roubo de cargas

Quatro pessoas foram presas suspeitas de integrar uma quadrilha de roubo de cargas no Paraná. A ação comandada pela Polícia Militar (PM) cumpriu mandados em Nova Prata do Iguaçu. De acordo com as investigações, o grupo era liderado pelo dono de uma transportadora de cereais e simulava roubos para receber da seguradora parte do valor da carga.

Segundo os policiais, para conseguir encobrir os furtos e não levantar suspeitas nas transportadoras, os caminhoneiros registravam os boletins de ocorrência alegando terem sido vítimas de roubo de carga, que mais tarde era revendida em municípios do sudoeste.

LEIA MAIS  Caixa oferece crédito a caminhoneiros e juros podem ser de 2,29%

Durante a ação, foram apreendidas duas carretas com parte da carga de soja ainda na carroceria, um automóvel que, acredita-se, era usado como batedor e um revólver calibre 38, além de recuperadas mais de 56 toneladas de grãos de soja desviadas de cerealistas de Castro, na região dos Campos Gerais, e de Dourados (MS).

Um dos sócios da empresa, considerado foragido desde sexta-feira (12), quando os policiais flagraram o descarregamento da soja desviada e fugiu, se apresentou à polícia na segunda (15). Ele foi ouvido e liberado. Todos devem responder pela prática de furto qualificado mediante concurso de pessoas e fraude, associação criminosa e receptação qualificada.

LEIA MAIS  A Fenatran dos bons negócios

Fonte: RPC TV