PRF intensifica fiscalização de excesso de peso

Polícia Rodoviária Federa (PRF) intensifica fiscalização nas rodovias Federais do Sul do Piauí, para evitar que caminhões com excesso de peso continuem circulando pela região. Mais de 60 motoristas foram multados e a soma dos excessos de carga chega a 700 toneladas. A PRF tenta coibir essas ações intensificando a fiscalização e realizando operações.

No posto fiscal de Floriano, cidade ao Sul do Piauí, passam todos os dias cerca de 100 caminhões de grande porte, a maior parte deles com excesso de carga, principalmente os caminhões que transportam madeira. Somente no mês passado, o posto fiscal emitiu 205 notas referentes a mercadorias que não tinham nota fiscal, recolhendo mais de 100 mil reais em multas.

Wagner Leal, Supervisor do Posto Fiscal de Floriano, afirmou que em muitos casos os motoristas também são multados, pois apresentaram a nota fiscal com atraso. “Os motoristas andam com uma nota que não representa toda a carga e ao passar pela balança eles são obrigados a apresentar outra nota. Nesses caos eles são multados em mais de mil reais”, disse.

LEIA MAIS  Ministério Público aperta o cerco contra caminhoneiros que fraudam exame toxicológico

Segundo a PRF a fiscalização é constante, mas mesmos assim ainda existem dificuldades. “A nossa maior dificuldade é em relação à existência de balanças rodoviárias para veículos de grande porte. O excesso de carga pode comprometer o sistema de frenagem, a estrutura do caminhão e as nossas rodovias não são preparadas para um transporte com excesso de peso”, falou o Stanley Keynes, chefe substituto da PRF.

LEIA MAIS  Beto Monteiro conquista primeiro título do ano na Copa Truck

Fonte: G1




Deixe sua opinião sobre o assunto!