Queda nas vendas de implementos chega a 10,68%

A indústria produtora de implementos rodoviários registrou de janeiro a agosto de 2014 queda de 10,68% em suas vendas sobre igual período de 2013.

Em oito meses, as empresas produziram e distribuíram 103.925 unidades, ante 116.354 produtos de janeiro a agosto do ano passado.

O segmento de Reboques e semirreboques (Pesado) registrou de janeiro a agosto de 2014 vendas 16,44% abaixo das apuradas no mesmo período de 2013: 37.741 produtos contra 45.169 unidades.

No segmento de Carroceria sobre chassis (Leve) a queda registrada foi de 7,03%. As vendas de janeiro a agosto foram de 66.184 produtos, ante 71.185 unidades apuradas no mesmo período de 2013.

O setor segue atento aos diversos sinais macroeconômicos que indicam tanto recessão quanto recuperação lenta no segundo semestre.

“A indústria sente diretamente os reflexos da queda na atividade econômica no primeiro semestre e da recessão técnica”, diz Alcides Braga, presidente da Associação Nacional dos fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir).

Segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o segundo trimestre apresentou resultado 0,6% negativo. Isso significa que o Brasil entrou na chamada recessão técnica, quando há queda no produto interno por dois trimestres seguidos.

Fonte: Anfir