Transmissão ZF Ecolife é homologada pela Mercedes-Benz

ZF Ecolife_02




A ZF obteve a homologação da Mercedes-Benz para a sua transmissão automática de seis velocidades Ecolife. Desde o início deste ano, as transmissões automáticas ZF Ecolife podem ser instaladas em articulados, super-articulados e com pisos alto e baixo, como também em “alimentadores“ e os dedicados a BRTs – Bus Rapid Transit da fabricante. “Agora, a ZF Ecolife está presente – e homologada – em marcas de ônibus do Brasil: MAN, Volvo, Scania e Mercedes-Benz“, diz Alexandre Marreco, gerente de Desenvolvimento de Negócios de Sistemas de Transmissão da ZF.

O processo de homologação ocorreu de maneira normal, segundo Marreco. “Tudo correu dentro do cronograma estabelecido, com todos os critérios técnicos seguidos rigorosamente“, explica o gerente. “Engenheiros da ZF e da Mercedes-Benz trabalharam em conjunto para adequar à aplicação local. Mas é importante salientar que a transmissão atendeu todos os critérios da marca, que não solicitou qualquer alteração no hardware do produto“, acrescenta o executivo.

Como a homologação está em vigor desde o inicio de 2014, já há unidades operando no Brasil. “Há ônibus rodando com a Ecolife nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais„, comenta Alexandre Marreco.

LEIA MAIS  Volkswagen embarca 52 Volksbus para o Equador

“Com a homologação, o cliente da Mercedes-Benz pode solicitar em suas aquisições a transmissão ZF. Com a Ecolife, o frotista, além da qualidade do chassi da Mercedes, soma a sua compra uma série de vantagens oferecidas pelo nosso produto“, diz Alexandre Marreco.

“Entre as vantagens da Ecolife, estão os ganhos oferecidos por suas tecnologias verdes. Um dos destaques é a redução no consumo de combustível em 6% na comparação com transmissões da geração anterior. Frente a outras transmissões automáticas, com menos marchas, por exemplo, o benefício pode ser superior a 10%, dependendo da operação”, comenta Salvador Mangano, gerente de Engenharia e Aplicação da ZF.

LEIA MAIS  Executivos da Daimler Trucks viajam de caminhão pelo país

“A Ecolife é equipada com retardador primário (que para o veículo em até 6 km/h sem acionar os freios), o software Topodyn Life e possui um intervalo maior para trocas de óleo. Tudo isso leva ao menor consumo de combustível do mercado, além de redução no consumo de freios e pneus”, destaca Marreco.

Para reduzir o consumo, a Ecolife utiliza o software TopoDyn Life, responsável pela troca de marchas e reconhecimento da topografia e peso transportado pelo veículo. A escolha é feita pela “inteligência artificial” do programa, que calcula rapidamente qual é a marcha necessária.

Fonte: Divulgação




Deixe sua opinião sobre o assunto!