Porto de Santos: Controle de veículos terá segunda fase de testes nas próximas semanas

porto de santos

Começará, nas próximas semanas, a segunda fase de testes do sistema automatizado que controlará o acesso de caminhões ao Porto de Santos. E ainda neste mês, está prevista a reabertura da licitação para a compra de equipamentos do projeto, desenvolvido pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), a Autoridade Portuária.

As informações são do diretor de Planejamento Estratégico e Controle da Codesp, Luiz Cláudio Santana Montenegro, que supervisiona o programa. Segundo ele, a ideia é coordenar eletronicamente a chegada dos veículos graneleiros ao cais santista. O serviço terá início em janeiro do ano que vem.

Esse monitoramento será feito com sensores e câmeras instalados em rodovias e no complexo portuário. Os equipamentos vão identificar os caminhões com destino a Santos. Os dados obtidos pelos aparelhos serão transmitidos por um conjunto de antenas até a central de controle – que funcionará na sede da Autoridade Portuária, em Santos, e verificará se o veículo chegará ao terminal no horário agendado.

Segundo Montenegro, o edital para a compra das antenas portuárias foi retirado do mercado, após dúvidas de interessados. Agora, uma nova concorrência será aberta para contratar a empresa que fornecerá e instalará esses aparelhos, além de elaborar seu projeto de funcionamento e desenvolver, por 16 meses, as câmeras e os softwares necessários.

“Tivemos um problema técnico-jurídico na redação do edital. Recebemos alertas durante as visitas técnicas dos interessados. Agora vamos publicar um novo edital”, destacou.

Essa concorrência será feita pelo Regime Diferenciado de Contratações (RDC). Trata-se de um modelo de licitação mais ágil, onde as fases da concorrência são invertidas. Primeiro, há a análise das ofertas de preço. E apenas o participante escolhido tem os documentos de habilitação analisados. Outro diferencial é que o Governo não precisa realizar os projetos da obra, repassando-os para o vencedor.

Testes

Os primeiros testes do sistema de controle de acesso ao Porto de Santos já foram iniciados. Copersucar e Libra Terminais foram duas instalações que participaram dessa fase.

Com base nessa experiência, as empresas sugeriram mudanças no sistema, principalmente em ferramentas que podem tornar mais ágeis a inserção de dados e o tráfego de veículos.

Agora, a Codesp quer iniciar um outro tipo de teste, desta vez relacionado à produção de relatórios, com base nos índices de chegada de caminhões ao cais santista.

Todos os terminais da região vão precisar adquirir equipamentos como câmeras e leitores de caracteres (já presentes na maioria das instalações). A padronização da tecnologia e a forma de comunicação com o sistema da Codesp já foram definidos pela Docas.

“Demos um prazo inicial para os terminais se adequarem. Sabemos que eles estão se movimentando e nos solicitaram prorrogação. No dia 9, vamos reajustar o cronograma com esses terminais e pátios reguladores”, explicou Montenegro.

Sistema

O agendamento da chegada de caminhões ao cais foi a forma encontrada pelo Governo Federal para impedir, em definitivo, a repetição dos congestionamentos que atingiram os acessos rodoviários à Baixada Santista no início do ano passado. O caos viário verificado na época foi causado pela vinda descontrolada de um grande número de veículos em direção ao Porto e às cidades da região.

O monitoramento – já a partir das estradas – dos caminhões em direção ao cais santista integra o programa Cadeia Logística Inteligente, elaborado pela Secretaria de Portos (SEP). O projeto conta com R$ 115 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e será implantado em vários portos.

O planejamento envolve os ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, dos Transportes e a SEP. Para que ele seja colocado em prática, foi criado o Grupo de Trabalho Interministerial (GTI) para Gestão do Escoamento da Safra.

“Até janeiro, estaremos com tudo pronto para os granéis. E para os contêineres, a previsão é para abril”, destacou o diretor de Planejamento Estratégico e Controle da Codesp.

Fonte: A Tribuna




Um comentário em “Porto de Santos: Controle de veículos terá segunda fase de testes nas próximas semanas

  • 09/10/2014 em 12:26
    Permalink

    O que adianta agendar horario para chegada se as empresas não fazem a descarga no prazo e rapida, temos que ficar 2, 3 ou 4 dias para descarregar e não ganhamos nada por isso, agora se descer no horario errado, somos multado !!! porque não multa as empresas para se organizar para descargar no horario certo, vira uma bola de neve a descarga ! Não adianta nada programar a chegada !!!!! Brasil pais de alternativa , nada de solução no processo todo !!!!

Fechado para comentários.