Prefeitura vai tirar Ceagesp da Vila Leopoldina, zona oeste de SP

Ceagesp




A Prefeitura de São Paulo vai retirar a Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) da Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (13) pelo prefeito Fernando Haddad (PT).

No local, a gestão petista quer construir um parque e moradias populares. Para isso, a lei de uso e ocupação do solo, que será votada na Câmara em janeiro, terá que ser mudada – a Ceagesp fica em uma aérea de ocupação industrial.

Por ter maioria entre os vereadores, o projeto, que tem como objetivo desafogar o tráfego de caminhões nas marginais Tietê e Pinheiros, deve ser aprovado.

LEIA MAIS  Caminhões tem restrição de tráfego na Semana Santa

Haddad afirmou que um novo centro de distribuição deve ser construído em algum terreno próximo ao Rodoanel e contará com a parceria da iniciativa privada. “Queremos que a comunidade participe desse debate, nas audiências públicas da Câmara”, disse o prefeito.

Entrega noturna

O prefeito também anunciou o início do projeto piloto de entrega de carga no período noturno. As avenidas Marques de São Vicente, Heitor Penteado, Pacaembu e Doutor Arnaldo, serão as primeiras vias a ter entregas a noite.

A operação será das 21h às 5h e envolverá a Polícia Militar, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) além de outros órgãos da prefeitura.

LEIA MAIS  Fábrica da Ford em São Bernardo do Campo tem mais uma interessada

“É um projeto-piloto inédito na cidade e que visa retirar de circulação os grandes veículos na cidade. Você tem um espaço ocioso na madrugada e que esse espaço possa ser ocupado”, afirmou o secretário municipal de Transportes Jilmar Tatto. Segundo ele, o modelo é utilizado em outras partes do mundo como em Nova York.

Fonte: Folha de São Paulo




Deixe sua opinião sobre o assunto!