Principal via de escoamento da safra será recuperada em Paranaguá

Rua em Paranaguá




A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) e o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) assinaram convênio de colaboração para realização das obras de recuperação da Avenida Bento Rocha, em Paranaguá. A via é a principal ligação entre o pátio público de triagem e o Porto, sendo essencial para o fluxo das safras agrícolas.

A via, com o passar dos anos, foi se tornando cada vez mais urbana, concentrando às suas margens escolas, moradias e comércio em geral. Com o convênio, o DER realizou o projeto executivo da obra e a Appa irá financiar a execução.

O processo licitatório, que tem teto de R$ 14,6 milhões, será aberto no próximo dia 22 de outubro. Appa e DER fiscalizarão em conjunto a obra, que tem prazo de 180 dias para ser realizada.

LEIA MAIS  Nova tabela de frete está construída de forma muito técnica diz ministro

Além da recuperação da pavimentação, a obra prevê ainda a readequação da drenagem e da ciclovia que margeia a avenida. “Trata-se de uma via por onde passam, em períodos de pico de safra, mais de dois mil caminhões por dia. É uma avenida primordial para o Porto de Paranaguá e é nossa obrigação torná-la o mais segura e adequada possível, já que a cidade se desenvolveu ao redor dela”, afirma o diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino.

Obra

A recuperação na Avenida será realizada em um trecho de 2,8 quilômetros que vai da ponte do Rio Emboguaçu até a Avenida Portuária. Como uma extensão da BR 277, a via pertence ao Plano Nacional de Viação, ou seja, ao Governo Federal. Porém, em convênio firmado em 1976, o trecho foi passado à responsabilidade do Estado, pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER).

LEIA MAIS  Bitrem com 24 mil quilos de excesso é flagrado na BR 101 em Palhoça-SC

Além da Bento Rocha, a Appa trabalha na recuperação de outras vias de acesso ao Porto de Paranaguá. Dessas obras, no total de dez vias, a Appa já concluiu cerca de 75% do recondicionamento do concreto na região portuária. O trabalho está sendo finalizado.

Ao todo, foram investidos R$ 2,4 milhões em recursos próprios da Appa na obra. As obras tiveram início no final do ano passado. As vias que recebem manutenção foram concretadas pela Appa, em 2004, mas, desde então, não receberam obras de manutenção ou melhoria.

Fonte: Appa




Deixe sua opinião sobre o assunto!