Iveco apresenta seus caminhões para a edição Dakar 2015

por Blog do Caminhoneiro

DE_ROOY-0014_2A Iveco esta preparada para reviver o êxito de 2012, quando o piloto holandês Gerard de Rooy e seu colega de equipe Hans Stacey subiram no primeiro lugar do pódio. Nesta competição, ambos os pilotos viajarão pela Argentina, Chile e Bolívia com o Iveco Powerstar equipado com um motor Cursor 13/Euro 6, que fornecerá até 900 cavalos de força e o torque máximo de 3800 Nm a 1100 rpm. Por sua vez, seu colega, o piloto espanhol Pep Vila, estará no controle de um Iveco Trakker Evolution II, similar ao usado em 2014, equipado com um motor Cursor 13 840 hp.

“A estrutura do caminhão é a mesma que a do ano passado”, diz Gerard de Rooy. “A principal mudança está no sistema de arrefecimento, uma vez que aumentamos sua capacidade. Quanto ao resto do caminhão, modificamos algumas peças pequenas e alguns detalhes. Mudamos também o ajuste do amortecedor de vibração, o que é um aspecto muito importante. O chassi e o motor são os mesmos”, adiciona o vencedor da Iveco no Dakar 2012.

O líder da equipe da Iveco, Gerard de Rooy (filho de Jan, vencedor do Dakar 1987) declara que a maior ameaça é imposta pelos caminhões russos Kamaz, que venceram 10 das 12 competições realizadas. “Eles sempre foram os mais fortes. Na edição passada da Dakar, tiveram alguns problemas de segurança e conseguimos um desempenho melhor que o deles neste âmbito. Essa será a nossa principal arma na competição de 2015. O MAN pode passar por algum estágio especial se eles tiverem sorte, mas isso é tudo. Estamos nessa para vencer! Nossa primeira semana será rápida, mas estável”, diz o holandês de 34 anos.

O Rally Dakar teve início na Europa e na África em 1979, por isso seu nome tradicional é Paris — Dakar. Após as ameaças terroristas terem feito com que a edição de 2008 não fosse realizada, foi trilhado um novo caminho na América do Sul, onde têm sido realizadas todas as competições desde 2009, recebendo centenas de participantes prontos para embarcar na aventura.

Após o início, no dia 03 de janeiro, os caminhões da Iveco partiram de Buenos Aires no domingo (04/01) procurando sua segunda vitória na categoria. Para este fim, devem superar o primeiro estágio de maratona na história para a categoria de caminhões (quando não se pode receber nenhuma assistência externa durante a noite) e viajar 8.159 km, dos quais 3.750 serão cronometrados, superando os principais obstáculos nas difíceis estradas pela Argentina, Chile e Bolívia.

Fonte: Iveco

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário