Renova SP ja entregou 93 caminhões no Porto Santos

renovacao de frota - santos

A circulação de caminhões velhos dificultam o transporte de cargas e o trânsito da região do Porto de Santos. Para minimizar esses problemas que afetam a economia e a qualidade de vida da população, o Governo de São Paulo, em parceria com a Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista, já entregou 93 novos veículos aos caminhoneiros da Baixada Santista por meio do programa Renova SP. Até o momento, são R$ 22,6 milhões desembolsados.

Iniciativa pioneira no país, o Renova SP financia a juros zero, subsidiados pelo Estado, a substituição de veículos com mais de 30 anos. Como condição, o novo caminhão tem que atender as normas de emissões de poluentes conhecida como o Euro 5 e, o antigo, deve ser retirado de circulação para que suas peças sejam totalmente inutilizadas por empresas especializadas e licenciadas pela Cetesb. O valor arrecadado com a pesagem da sucata é revertido ao seu proprietário.

“Caminhão velho dá pau no cambio, no motor. Agora tudo vai mudar com o caminhão novo”, diz Cleiton Silva de Lima, um dos caminhoneiros atendidos pelo Renova SP. Já para Fredy Aurélio Fraile Soares, obter um financiamento a juros zero é um momento histórico para os profissionais do setor “É a realização de um sonho. Nem acredito que isso está acontecendo”, diz.

Outra grande vantagem é o prazo. Os caminhoneiros puderam pagar o financiamento em até 96 meses (8 anos), sem entrada, e com carência de 6 meses. Destinado para caminhoneiros autônomos e pessoas jurídicas enquadradas como empresários individuais que prestam serviços no Porto de Santos, o programa limita o financiamento a um caminhão por beneficiário.

Para intensificar a ações do Renova SP, a instituição tem realizado parcerias importantes para se aproximar dos caminhoneiros, como a abertura de um posto de atendimento no PoupaTempo de Santos, no ano passado. Além disso, os interessados também podem buscar orientações na COOPSLOG (Cooperativa de Transporte e Logística De Santos), na Acesp (Associação dos Caminhoneiros do Estado de São Paulo) e no Sindicam-Santos (Sindicado dos Caminhoneiros Autônomos da Baixada). Os atendimentos prestados são gratuitos.

Fonte: Divulgação

QUER RECEBER NOSSOS CONTEÚDOS NO SEU WHATSAPP?
MANDE UMA MENSAGEM COM SEU NOME CLICANDO NO NÚMERO

042-98800-6519





RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL

Seu e-mail (obrigatório)


Deixe sua opinião sobre o assunto!