Caminhoneiros reclamam de insegurança em rodovias de Goiás

caminhoneiros - protesto




Caminhoneiros que fazem frete de gado pelas rodovias de Goiás reclamam da falta de segurança, principalmente no trecho da GO-070 entre Goiânia e a Cidade de Goiás. Um deles relata que transporta animais há 13 anos e nunca trabalhou tão apreensivo quanto agora.

“Apesar de falarem que não vai acontecer nada, que só estão querendo a carga, a gente nunca sabe o que vai passar pela cabeça deles, né? Então você fica com medo às vezes de perder seu caminhão ou de te matarem ali”, desabafa o homem, que não quis ser identificado.

Para evitar os assaltos, os motoristas tentam estratégias, mas que nem sempre dão certo. “Hoje nós temos que viajar só em comboio, porque se não a carga é roubada. Eu mesmo na semana passada tive prejuízo de R$ 60 mil. Nem sei como vou pagar o gado que roubaram da minha carreta”, conta o caminhoneiro Alexandre Henrique Mota.

A Polícia Civil não tem uma estatística sobre o roubo de gado em Goiás. Na última semana, uma quadrilha que atuava no ramo foi presa. As investigações apontaram que o gado roubado era vendido a frigoríficos clandestinos.

Já a Polícia Militar afirma que vem patrulhando as rodovias, mesmo com efetivo pequeno. “Não digo que está faltando polícia. O serviço está sendo feito, mas a demanda é muito grande. Há uma deficiência? Há, mas o contingente está aí contínuo no serviço”, afirma o sargento Gomes de Moraes.

Fonte: TV Anhanguera




Deixe sua opinião sobre o assunto!

error: Cópia de conteúdo desabilitada !!