Congresso aprova MP que permite refinanciamento dos caminhoneiros

caminhoes scania




Aguardada pelo setor de transportes do Brasil, a Medida Provisória (MP) 661/2014, que determina o repasse de R$ 30 bilhões do Tesouro Nacional para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), foi aprovada no plenário do Senado Federal na tarde desta quarta-feira (29/04). O texto segue agora para sanção presidencial.

Além da liberação do recurso, “o projeto de lei dispõe que o superávit financeiro das fontes de recursos existentes no Tesouro Nacional poderá ser destinado à cobertura de despesas primárias obrigatórias”, garantindo assim que os caminhoneiros que contraíram financiamento para compra de veículos possam refinanciar parcialmente suas dívidas.

A medida promete dar fôlego financeiro aos motoristas, que alegam que os valores médios pagos atualmente pelo frete rodoviário estão abaixo dos custos, o que inviabiliza o pagamento das parcelas. Eles reivindicavam junto ao governo a criação de uma tabela com preços mínimos para cada rota, o que acabou sendo descartado. O governo propôs uma tabela referencial, que não foi aceita pela categoria. Os caminhoneiros chegaram a retomar os bloqueios em rodovias de seis estados, mas o movimento perdeu força no terceiro dia e foi encerrado logo em seguida.

LEIA MAIS  Cegonheiros fazem novo protesto no Recife

Fonte: Revista Globo Rural




Deixe sua opinião sobre o assunto!

error: Cópia de conteúdo desabilitada !!