MAN Latin America alcança recorde em mercados internacionais

treinamendo man volkswagen




A MAN Latin America, fabricante dos caminhões e ônibus Volkswagen e MAN, capacitou mais de 1.200 estrangeiros em 2014, um aumento de 25% em relação ao ano anterior. O crescimento faz parte da estratégia da montadora de fortalecer cada vez mais sua presença em mercados internacionais. O objetivo é expandir a oferta de treinamentos para mais países e garantir sempre a melhor oferta de produtos e serviços aos clientes nessas regiões.

Essa evolução nos números em 2014 vem como reflexo dessa meta, com a capacitação de profissionais de mercados como o Haiti na trilha de conhecimento da MAN Latin America. Outra aposta no último ano foi em treinamentos exclusivos para ônibus, ação que demonstra a importância que esse produto vem adquirindo no mercado externo. Ao todo, são mais de 20 instrutores envolvidos nos treinamentos que chegaram aos mercados latino-americanos e africanos.

A capacitação da equipe de vendas também mereceu destaque, sobretudo no México, onde durante um mês inteiro foram oferecidos cursos que qualificaram mais de 100 profissionais da rede a comercializar os novos produtos lançados no país. A maior parte dessas qualificações, no entanto, tem seu escopo nos temas técnicos relacionados aos caminhões e ônibus Volkswagen e MAN.

A iniciativa se traduz em atendimento cada vez mais especializado e qualificado para os clientes, o que contribui para o reflexo positivo no resultado do concessionário internacional em seu dia a dia. A oferta de treinamento inclusive se estende aos frotistas, como no módulo de condução econômica e direção defensiva, realizado por mais de 200 motoristas profissionais no último ano.

“Esse nível mais aprofundado de conhecimento beneficia toda a cadeia, especialmente aos clientes, que têm a garantia do melhor serviço na rede de concessionários das marcas MAN e VW. Em 2015, seguimos com nosso objetivo de alcançar novos mercados, sem deixar de lado nossos já tradicionais parceiros nessa qualificação. Vemos essa estratégia como ponto crucial para o crescimento de nossas exportações”, destaca Sérgio Beraldo, gerente executivo de Pós-Vendas da MAN Latin America.

Estruturas próprias alavancam resultados

Os importadores apoiam a iniciativa com a criação e ampliação de seus centros de treinamento locais, nos mesmos moldes do pertencente à fábrica no Brasil, para garantir o padrão de qualidade. A estrutura brasileira também é utilizada para capacitações em assuntos muito específicos.

Outro investimento se relacionou à agenda mais flexível e integrada para todos os importadores, com a disponibilidade de treinamentos até mesmo em outros países. Por exemplo, alunos do Uruguai podem atender a cursos no Chile, aumentando assim a troca de experiências.

Fonte: MAN Latin America




Deixe sua opinião sobre o assunto!

error: Cópia de conteúdo desabilitada !!