Senadora cobra regulamentação da norma que prorroga financiamento de caminhões

greve dos caminhoneiros




A senadora Ana Amélia (PP-RS) cobrou do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a regulamentação da norma que prorroga, por 12 meses, o vencimento de parcelas relativas ao financiamento de caminhões. A medida foi anunciada em março e faz parte de um pacote de iniciativas adotadas pelo governo para atender reivindicações dos caminhoneiros que paralisaram as atividades por melhores condições de trabalho.

Ana Amélia lembrou que, enquanto o BNDES não regulamenta a matéria, as prestações do financiamento dos caminhões junto ao banco continuam vencendo. Esse fato, diante do cenário de crise econômica, complica ainda mais a vida dos caminhoneiros, alertou Ana Amélia, acrescentando que no Rio Grande do Sul o transporte terrestre de cargas caiu 30%.

Além da crise, outro motivo para a queda, segundo ela, é justamente a falta de regulamentação da lei, que obriga os caminhoneiros em dificuldade a se desfazerem de seus caminhões ou deixarem a atividade. A senadora citou casos de caminhoneiros que foram ao banco com toda a documentação necessária para prorrogar o prazo do financiamento e nada conseguiram por causa da omissão do BNDES.

“Nós estamos em junho, virando para julho. Então, quase cinco meses de espera. Eu penso que a equipe técnica do BNDES está qualificadíssima para fazer isso. Presidente Luciano Coutinho, por favor, lembre-se dessa questão política, desse entendimento, desse acordo com os caminhoneiros, porque depois, quando a categoria parar de novo, ela terá motivos para não acreditar que o acordo será cumprido”, alertou a senadora.

Fonte: Agência Senado




Deixe sua opinião sobre o assunto!

error: Cópia de conteúdo desabilitada !!