Ford consolida avanço no mercado de caminhões no semestre

FordF-4000-4x4

A Ford obteve 19% de participação no primeiro semestre de 2015 e consolidou o seu avanço no mercado de caminhões. Foi a marca que mais cresceu dentro da indústria, aumentando a sua fatia com um ganho de 5,9 pontos percentuais. Além de liderar os segmentos de caminhões semileves e leves, também cresceu nos veículos pesados 6×4.

Esse desempenho ajudou a Ford a compensar em parte a forte retração do mercado. Enquanto a indústria acumulou uma queda de 41,7% nas vendas no período, na marca a redução de volume foi de 15,2%.

“Ter uma linha diversificada e completa de veículos, focada na produtividade e economia, mostrou ser uma vantagem competitiva nesse período de grandes desafios, em que mais do que nunca os clientes buscam o melhor custo-benefício na operação das frotas”, afirma Flávio Costa, supervisor de Marketing da Ford Caminhões.

Liderança nos leves e semileves

A Ford liderou o segmento de caminhões leves, de 6 a 10 toneladas de peso bruto total, com seus três modelos nessa faixa – Cargo 816, Cargo 1119 e F-4000. Juntos, eles responderam por 31,5% das vendas no semestre, mostrando um ganho de 6 pontos percentuais de participação.

O Cargo 816, um dos mais vendidos da categoria, somou 1.650 unidades. O modelo, que conta com grande tradição em aplicações urbanas, traz banco com suspensão a ar e vidros elétricos entre os equipamentos de série.

O Cargo 1119, modelo que oferece a maior potência e capacidade de carga na sua faixa, também mostrou grande aceitação e vendeu 1.025 unidades – um crescimento de 15,1% comparado ao mesmo período de 2014.

O F-4000, da nova Série-F lançada no final do ano passado, somou 952 unidades, complementando a linha em atividades que exigem grande robustez e capacidade de rodagem.

A sua versão 4×4 – única no segmento – entre outras aplicações é a mais usada em serviços de manutenção de redes elétricas e conta com alto índice de lealdade entre os clientes.

A Ford liderou o segmento de caminhões semileves com o F-350, que respondeu por 44,6% dos emplacamentos no semestre.

A marca se destacou ainda nos pesados 6×4, com os modelos Cargo 2623 e Cargo 2629, que conquistaram 6 pontos percentuais de participação e ficaram com 19,6% das vendas do segmento.

Fonte: Portal Mecânica Online





RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL

Seu e-mail (obrigatório)


Deixe sua opinião sobre o assunto!