Porto em Ação reúne 400 caminhoneiros no Pátio de Triagem de Paranaguá

caminhoes - porto de paranagua




Aconteceu nesta terça-feira (21) mais uma edição do programa Porto em Ação no Pátio de Triagem de caminhões, em Paranaguá. A ação integrada, que é organizada pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, tem o objetivo de subsidiar os caminhoneiros com informações e prestar alguns serviços a eles. Na edição de junho, o programa contou com uma palestra orientando sobre a prática criminosa, mas recorrente nas estradas, que é a exploração sexual de crianças e adolescentes.

A orientação foi ministrada pelo engenheiro de tráfego da Ecovia e multiplicador do programa internacional Childhood, Rogério Bianor Hess. Durante as duas palestras ministradas, Hess explicou que a exploração é crime e orientou como os caminhoneiros podem denunciar as práticas. “É um problema social muito grande, mas o motorista tem sua responsabilidade e pode ajudar a erradicar esta prática. As denúncias podem ser feitas anonimamente”, afirmou.

Segundo o especialista, sempre que alguma atividade suspeita for identificada nas estradas, é possível fazer uma denúncia ligando gratuitamente para o número 100. Em até 24 horas, a denúncia começa a ser investigada.

Além disso, outras atividades de orientação e cidadania foram realizadas ao longo do dia. Os motoristas foram informados sobre as regras do carga online e a importância do caminhoneiro para manter a cidade de Paranaguá mais limpa e o respeito no trânsito. “O Porto em Ação é uma oportunidade de oferecer alguns serviços aos caminhoneiros, que muitas vezes deixam de realizar atividades básicas por conta da sua rotina de trabalho, além de orientá-los sobre a melhor maneira de trafegar dentro da cidade de Paranaguá, sem sujar ou prejudicar o trânsito da cidade”, afirmou o diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Luiz Henrique Dividino.

A ação integrada também realizou mais de 320 testes de glicemia, pressão, HIV ou hepatite ao longo do dia, com a parceria da 1ª Regional de Saúde de Paranaguá. O Senac também ofereceu cortes de cabelo gratuitos aos motoristas participantes da ação. “Nosso único tempo livre é quando voltamos pra casa, no final de semana, e acaba que nunca dá tempo de fazer alguns exames simples. Hoje aproveitei e vi minha pressão e se estava com a diabete controlada”, afirma o motorista Viviano Burato, que faz a rota de carregamento de grãos de Sorriso (MT) para o porto.

Durante todo o período, os caminhoneiros também foram abordados com materiais de conscientização e educação ambiental, como orientações sobre o devido lacre das bicas e a correta destinação dos resíduos da viagem e da carroceria. Os motoristas também receberam os kits com sacos de lixo e folder informativo.

Além disso, um contêiner com atrações musicais ficou instalado ao lado do receptivo do Pátio de Triagem animando os caminhoneiros que passaram pelo espaço ao longo do dia. “A nossa vida é muito corrida, mas consegui tirar um tempinho para cuidar da saúde e tocar um violão com os colegas”, afirmou o caminhoneiros de Guarapuava, Adelar da Silva Mota. Ele foi um dos participantes que subiu no palco e deu uma palhinha das suas modas de viola preferidas.

O Porto em ação é realizado mensalmente no pátio de triagem do Porto de Paranaguá. Diariamente, cerca de dois mil caminhões passam pelo local, em período de safra. A ação é realizada em parceria com a Pastoral Rodoviária de Paranaguá, Prefeitura de Paranaguá, Guarda Municipal, 1ª Regional de Saúde, Núcleo de Prevenção da Violência e Promoção da Sáude, da Secretaria Municipal de Sáude, Ambiens, ONG CASE PR e Ecovia.

Fonte: Porto de Paranaguá




Deixe sua opinião sobre o assunto!

error: Cópia de conteúdo desabilitada !!