Greve dos caminhoneiros: paralisação tímida começa em Concórdia SC

por Blog do Caminhoneiro

1_1

A prometida greve do caminhoneiros teve início oficial nesta segunda-feira, 09, e até o fim da manhã atingia pelo menos quatorze estados da federação. No entanto, ainda no domingo alguns focos de mobilização foram registrados em estados como Rio Grande do Sul e Santa Catarina – em Campos Novos. Mas, segundo autoridades, foram paralisações tranquilas.

Já em Concórdia, na BR-153, mobilização começou por volta das 16 horas de forma tímida. Caminhoneiros ouvidos pela reportagem da emissora esperava a movimentação em grandes centros para tomar uma decisão. Até as 16h20, pelo menos três veículos estavam parados no terreno ao lado do trevo, onde ocorreu houve contração também em fevereiro. A tendência é que o movimento aumente. Eles, até agora, não têm proibido a passagem de outros veículos.

Conforme informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a BR-280 registra bloqueio no Km 122, em São Bento do Sul, desde o início da madrugada, com os caminhões no acostamento. A BR-116 tem dois pontos interditados: o Km 54, no trevo de Papanduva, desde as 13h45min, e o Km 138, em Santa Cecília, desde as 14h30min.

O bloqueio mais recente começou por volta de 15h30min, no trevo entre a BR-163, em Dionísio Cerqueira, e a BR-280, em Barracão (PR). De acordo com a repórter da RBS TV Chapecó, Eveline Poncio, que está no local, os manifestantes estão nas margens das rodovias e orientando os caminhões a retornarem, não permitindo a passagem.

Já na BR-280, em São Bento do Sul, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os caminhoneiros estão sendo abordados pelos manifestantes para permanecer no acostamento e aderir ao movimento. A região concentra grande fluxo de cargas para escoamento da produção de soja, milho e pinos de Santa Catarina para o Porto de São Francisco do Sul.

Em Campos Novos, na BR-282, a greve dos caminhoneiros é tranquila. Eles estão parados no acostamento, sem impedir a passagem dos demais veículos, mas convidando que os demais profissionais da classe se juntem à mobilização.

Fonte: Rádio Rural

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário