Randon: A tecnologia em prol da segurança

RANDON_Bitrem_Graneleiro_Ecoplate-2




Embora a segurança das pessoas, dos equipamentos e das cargas deva ser uma obrigação permanente dos fabricantes e que na legislação vigente existam riscos e penalidades, esta não é, ainda, uma realidade no mercado brasileiro. Estatísticas mostram que a violência nas estradas é a segunda maior causa de morte no País, e um dos motivos é justamente o descuido às leis, tanto dos condutores, quanto dos fabricantes de veículos e de equipamentos. Segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), o Brasil possui atualmente uma frota total de quase 90 milhões de veículos, dos quais, aproximadamente, 3 milhões são caminhões. Imagine esse número de veículos transitando simultaneamente pelas estradas do País e, por consequência, os riscos e prejuízos decorrentes do desrespeito às leis e que carecem de uma fiscalização mais rigorosa.

Por acreditar que segurança é um item indispensável, a Randon S.A. cumpre rigorosamente todas as normas exigidas especificamente para cada um dos itens fabricados, desde o desenvolvimento dos produtos, que contam com homologação por órgãos acreditados. Além disso, antes de lançar qualquer novo produto, a empresa o submete a exaustivos testes de campo e de laboratório, utilizando a estrutura própria do Campo de Provas das Empresas Randon, o primeiro e único espaço da região Sul voltado para testes em caminhões, ônibus, carros de passeio, implementos rodoviários, vagões e componentes ferroviários, veículos fora-de-estrada e autopeças.

Um dos itens de segurança que se tornou obrigatório em todos os implementos rodoviários, em 2014, a partir da Resolução 312/09, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), foi o ABS – Antilock-Braking System – um sistema que evita o travamento das rodas, mesmo quando os freios são acionados bruscamente, assegurando o controle direcional do veículo. A Randon antecipou-se à legislação e investiu pesadamente em pesquisa durante cinco anos, passando a oferecer o sistema como opcional em toda a sua linha de produtos, desde 1995, 19 anos antes de o equipamento se tornar obrigatório. Em 2013, um ano antes da lei entrar em vigor, a empresa acoplou efetivamente o sistema aos seus produtos, como item de série. Na Europa, a exigência já vigora desde 1990.

randonABSO ABS utilizado e desenvolvido pela Randon, chamado de U-ABS, melhora a estabilidade, dirigibilidade e potencialidade de frenagem do veículo. Além do ganho em segurança, o sistema amplia a vida útil dos pneus e das peças que compõem o sistema de freio. Entre os principais benefícios do ABS destaca-se o controle direcional, a redução da distância até a parada total do veículo e a ampliação da eficiência da frenagem em qualquer situação de piso escorregadio ou irregular, evitando a derrapagem e a perda de aderência do veículo ao solo.

O modelo de ABS da Randon funciona também quando o semirreboque é acoplado em cavalos mecânicos que não estão equipados com sistema ABS. Isso porque a tecnologia possui duas alimentações diferentes, uma principal, na qual o ABS do semirreboque é alimentado pelo ABS do cavalo mecânico, e a secundária, onde o ABS do semirreboque é alimentado pela luz do freio. Isso assegura o perfeito funcionamento da frenagem do semirreboque, independente do cavalo mecânico que estiver acoplado. No entanto, a tomada de alimentação do sistema de iluminação deve estar de acordo com a Norma ISO 1185.

O ajustador automático de freio é outro item de segurança que ganhou prioridade da Randon S.A., que há mais de 20 anos já oferecia esse sistema como opcional em seus semirreboques, antes da legislação entrar em vigor. Fornecido pela Master e homologado pela Norma ABNT NBR 10966:2013, garante capacidade de frenagem uniforme e constante, sem paradas para o ajuste, permitindo assim uma maior utilização do veículo. Com o curso do cilindro de freio se mantendo constante, é possível obter um menor consumo de ar e também aumentar a durabilidade dos componentes pneumáticos.

A instalação do ajustador automático é simples, sem necessidade de gabaritos de regulagem e seu uso, além de promover menor desgaste dos pneus, propicia facilidade no momento da troca de lonas gastas ou danificadas. Por ser automático, tira do operador esta tarefa de compensar mecanicamente a folga entre tambor e lona, resultando também em maior precisão no ajuste.

Na Randon S.A, o para-choque é outro item considerado fundamental para garantir a segurança nas vias públicas. Os produtos Randon saem de linha de fabricação com este componente, conforme determina a Resolução nº 152, de 29 de outubro de 2003. Para isso, a empresa investiu em modernos equipamentos de teste, ensaios mecânicos e fabricação para a garantia da segurança dos usuários em caso de choques traseiros. Para cumprir seu papel, entretanto, o para-choque também tem que ser inspecionado e certificado por organismos independentes acreditados pelo órgão público competente.

Extremamente importantes para minimizar as consequências de colisões laterais entre caminhões e veículos menores, o protetor lateral igualmente está presente em todos os equipamentos Randon, como mais um item de segurança conforme determina a lei. O protetor lateral Randon passa por rigorosos testes construtivos que mostram sua eficiência impedindo que motos, bicicletas ou veículos de pequeno porte entrem na parte inferior e sejam esmagados pelas rodas do caminhão ou do rebocado. Em nome da segurança, a partir de 1º de janeiro de 2011, a Randon se enquadrou na Resolução nº 323.

Algumas estatísticas mostram que muitos dos acidentes envolvendo caminhões devem-se à má condição dos pneus. Ao sair da linha de montagem, desde novembro de 2013, os reboques e semirreboques Randon são entregues ao cliente com pneus novos em todos os eixos, de acordo com a Resolução nº 492, de 05 de junho de 2014, que obriga a comercialização de implementos equipados com pneus que atendam aos limites de carga, dimensões e velocidades em conformidade com os Regulamentos Técnicos do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO), adequados aos aros admitidos para o veículo. Para isso, são oferecidas opções de diversos tipos e aplicações de pneus.

Todos esses itens de segurança reforçam a preocupação e a postura da Randon com seus clientes e com o mercado.

Fonte: Randon