Atlas Copco desenvolve sistema de montagem para ferramentas pesadas em fábrica de tratores

por Blog do Caminhoneiro

atlas copco linha de montagem tratorComo um líder na indústria de equipamentos agrícolas, a AGCO fabrica seus produtos pensando nos agricultores. A empresa produz uma variedade de equipamentos de diferentes portes, incluindo uma linha de grandes tratores, de sua marca Fendt.

O tamanho robusto dos tratores significa requisitos maiores de montagem para AGCO. Por um lado, as conexões de parafuso precisam ser apertadas, com altos níveis de torque. A fábrica de montagem da AGCO na Baviera utiliza sistemas de parafuso da Atlas Copco. Como as ferramentas são pesadas, estão ligadas aos braços de manipulação especiais, que dão aos trabalhadores considerável liberdade de movimento.

“A fim de absorver o peso morto e apoiar os torques de reação elevados, nós fixamos as ferramentas nos braços de manipulação”, diz Stefan Böhm, Especialista em Planejamento de Montagem e Tecnologia da AGCO. “Isso retira a pressão dos empregados, sem restringir a liberdade de movimento.” Os braços de manipulação são fixados a um sistema de faixa acima da linha de montagem, e só precisam de um pequeno espaço na estação de trabalho.

atlas copco linha de montagem‘Braços articulados’ é o nome que a Atlas Copco deu a estes grandes braços de manipulação, que foram projetados por Centro de Aplicação da Atlas Copco em Essen, Alemanha. A linha padrão inclui três versões, para torques de 250 a 2 000 Nm. Com os acessórios apropriados, é possível acoplar qualquer ferramenta manual individual, ou várias unidades de parafuso com peso até 160 kg. O boom livremente móvel torna a ferramenta leve e capaz de girar em todas as direções.

A nova série de tratores nova Fendt 900 da AGCO exigiu um aumento no torque de 295 Nm para 580 Nm. As ferramentas necessárias foram muito mais pesadas, o que poderia ter aumentado o nível de estresse sobre os trabalhadores. “Nós não só queremos garantir que os torques elevados possam ser geridos ergonomicamente”, diz Böhm. “Também queríamos acabar com as chaves de fenda de impacto com bases comuns, que usávamos até então.”

Böhm diz a planta Marktoberdorf considerou, inicialmente, um sistema com um telescópico de montagem para as ferramentas. “Mas uma vez que a Atlas Copco nos apresentou os braços articulados, que eram novos nesse ponto, nós rapidamente mudamos os planos”, diz ele. As estações telescópicas teriam tido restrições à sua capacidade de atingir as diferentes posições dos parafusos, enquanto os braços articulados oferecem muito mais flexibilidade.

Um recurso adicional das ferramentas da Atlas Copco é que todos os dados de parafusos do processo de fabricação podem ser salvos, automaticamente, para o veículo, usando seu número de chassi, e rastreados, se necessário.

Fonte: Divulgação

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário