Picapes Ford enfrentam rigorosos testes de ruído

por Blog do Caminhoneiro

Simulador Móvel de RuídosA Ford incrementou o seu portfólio global de picapes com dois lançamentos importantes: a nova F-150 e a Ranger. Além da sua especialização e tradição na produção desses veículos com capacidade todo-terreno, as novas picapes foram submetidas a uma inovadora bateria de testes de ruídos com uma tecnologia de simuladores móveis que combina diferentes climas com a movimentação em qualquer estrada do mundo. A Ford é a única marca automotiva do mundo a dispor dessa tecnologia, que vem sendo usada também no lançamento de seus automóveis globais.

As variações extremas de clima e terreno são conhecidas por gerar vibrações e ruídos indesejados nos veículos. Os simuladores móveis são essenciais para descobrir esses ruídos nos estágios iniciais de desenvolvimento, antes que o veículo seja produzido em escala. Eles permitem testar os protótipos em todos os tipos de terreno e situações extremas de umidade e temperatura, de 20 graus abaixo de zero até 48 graus.

A base desse teste é o equipamento “four poster”, dotado de quatro pilares que ficam embaixo de cada roda para simular a movimentação dos veículos em diferentes condições de rodagem. Além disso, os laboratórios móveis podem ser transportados em carretas para qualquer parte do mundo onde os carros estejam sendo desenvolvidos. Poder realizar os testes nas fábricas, em vez de enviar o veículo para outro local e esperar pelos resultados, torna o processo muito mais eficiente.

Os protótipos passam por testes durante todas as fases da produção e o ambiente controlado permite aos especialistas identificar as causas dos ruídos com equipamentos de alta precisão. Nesse trabalho, além de veículos completos a Ford também testa alguns componentes individualmente. Os painéis de instrumentos, por exemplo, passam por plataformas móveis especiais que simulam trepidações.

Fonte: Divulgação

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário