BNDES amplia orçamento para financiar tratores em R$ 300 milhões

por Blog do Caminhoneiro

trator massey ferguson (2)O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou que ampliou o Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (BNDES Moderfrota) para o ano agrícola 2015/2016, que se encerra em 30 de junho.

Com mais R$ 300 milhões, o orçamento do programa passou para R$ 4,04 bilhões, o que, segundo o banco, vai permitir mais fôlego ao financiamento de investimentos do setor rural brasileiro. De acordo com o banco, o aumento da dotação orçamentária do Moderfrota foi obtido após remanejamento de recursos de programas do BNDES e com base nas demandas de financiamentos protocolados pelos agentes financeiros credenciados pelo BNDES.

Do orçamento total, R$ 3,4 bilhões foram alocados para o Moderfrota com taxa de juros de 7,5% ao ano, voltado para micro, pequenos e médios produtores rurais (com receita operacional bruta de até R$ 90 milhões por ano).

Os R$ 640 milhões restantes foram destinados ao Moderfrota com taxa de juros de 9% ao ano, destinado a produtores rurais ou cooperativas agropecuárias com receita operacional bruta acima de R$ 90 milhões ao ano.

Operado pela rede de agentes financeiros do BNDES (por meio de operações indiretas), o Moderfrota tem por objetivo financiar a aquisição, isolada ou associada a investimento, de tratores, colheitadeiras, plataformas de corte, pulverizadores, plantadeiras, semeadoras e equipamentos para preparo, secagem e beneficiamento de grãos.

Em nota, o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, elogiou a medida. De acordo com ele, o anúncio ocorreu em um “momento ideal”, próximo da realização da Agrishow, uma das maiores feiras de agrícolas do mundo.

“Exaltamos este reforço de recursos com taxas competitivas, que será fundamental para estimular o investidor, alavancar as vendas do segmento e, consequentemente, aumentar a produtividade no campo por meio da utilização de máquinas novas e modernas”, disse Moan.

Fonte: Valor Econômico

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário