DAF entra no mercado de pesados para curtas e médias distâncias e anuncia nova linha de motores

por Blog do Caminhoneiro

DAF CF85 e XF105A DAF está entrando em um novo segmento. Com o modelo CF85, a companhia passa a atuar, também, no mercado de pesados para curtas e médias distâncias.

O recém-lançado caminhão chega nas versões 4×2 e 6×2, com motores Paccar MX 12.9 litros, de 360 e 410 cv. A transmissão é ZF de 16 marchas automatizada direct drive e o torque máximo na versão 360 cv é de 1.775 Nm, enquanto na versão 410 cv atinge 2.000 Nm.

O Peso Bruto Total Combinado (PBTC) no 4×2 é de 53.000 quilos, e no 6×2 é de 56.900 quilos. A capacidade máxima de tração dos modelos é de 60.000 quilos. O 4X2 tem reservatório de diesel de alumínio de 290 a 520 litros, enquanto o do 6X2 é de 290 a 720 litros. O reservatório de Arla 32 de ambos é de 50 a 140 litros.

Duas opções de cabines são disponibilizadas, a Sleeper, com 1,60 m de altura interna, e a Space Cab, com 2,23 m de altura. Na largura interna, ambas têm 2,26 m.

Segundo Felix Hendricks, diretor de desenvolvimento de produto da DAF Caminhões Brasil, o CF85 brasileiro passou por ajustes para se adequar às necessidades do transportador local. O modelo passou por dois anos de testes no Brasil, tanto em laboratório quanto em campo, com clientes. A DAF investiu 50 milhões de euros no projeto de nacionalização e testes do caminhão.

As configurações o colocam em um mercado de transportes que envolve químicos, insumos agrícolas e cargas fracionadas. Produzido na fábrica de Ponta Grossa, PR, o modelo atinge o índice de nacionalização necessário para atuar com o BNDES Finame.

Outra novidade é a linha 2016 do DAF XF105, que chega com nova cabine, entre-eixos e opcionais. O caminhão passa a ser equipado com opções de reservatório de diesel de alumínio de 520 litros, 440 litros + 440 litros e 720 litros. As opções de tamanho para o tanque de Arla 32 são 75, 100 ou 140 litros.

No entre-eixos, a configuração 6×2 passa a ter opções de 3,20 e 3,60 m, enquanto a versão 6×4 tem as opções de 3,50 e 3,30 m.

A Super Space Cab é uma nova opção de cabine com 2,10 m de altura interna, 2,24 m de comprimento e 2,25 m de largura. Todas as cabinas possíveis no modelo, incluindo a Comfort e Space Cab, possuem cortinas roll-on com backout, cama suspensa superior e inferior e escada de alumínio dobrável com degraus extralargos.

O modelo é disponibilizado nas potencias de 410, 460 e 510 cv, com capacidade máxima de carga de 74 toneladas, e é indicado para o transporte pesado de longas distâncias.

Motores

A montadora começou em novembro último a produção de motores Paccar MX de 360, 410, 460 e 510 cv na planta de Ponta Grossa, a mesma onde são produzidos os caminhões XF105 e CF85, após investir R$ 60 milhões em infraestrutura e equipamentos.

De acordo com Michael Kuester, presidente da DAF caminhões Brasil, a estratégia de localizar a linha de motores vai agilizar o processo produtivo e reduzir custos. Também irá ampliar o índice de nacionalização, estimulando o desenvolvimento de fornecedores locais. A equipe responsável pela montagem dos motores foi treinada na unidade holandesa da companhia em Eindhoven.

Fonte: Logweb

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário