Ônibus elétrico ficará em teste por 60 dias em Porto Alegre

onibus eletrico

Em fase de testes durante os próximos 60 dias, um novo modelo de ônibus elétrico passa a circular nesta sexta-feira nas ruas da Capital Gaúcha. Inicialmente, o veículo reforçará o itinerário das linhas circulares C1, C2 e C3, além do T9, todas da Carris. Cada unidade custa R$ 1,5 milhão – o preço de um ônibus movido a combustível fóssil varia entre R$ 400 mil e R$ 500 mil.

LEIA MAIS  DAF Caminhões comemora 6 anos de produção com 7 mil caminhões emplacados

A bateria do ônibus elétrico dura 250 quilômetros e, para carregá-la, são necessárias três horas. A vida útil do veículo é de 30 anos. “A tendência é de que não tenhamos impacto significativo na tarifa, se ele for adquirido pela prefeitura, porque poderemos compensar os gastos”, diz o presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari.

Além dos benefícios ambientais, o ônibus é mais silencioso. “Em Campinas, dez desses ônibus já estão rodando. Lá, eles possuem carregadores para celular e wi-fi, uma tecnologia que pretendemos trazer para cá”, explica o gerente comercial da BYD Brasil, empresa responsável pela construção do veículo, Silvestre Sousa.

Fonte: Jornal do Comércio