Randon anuncia mudanças para driblar a crise

parachoque implemento randon plaqueta




Assim como várias outras empresas do setor, a Randon Implementos e Participações também registrou queda em seus indicadores. Os principais motivos que levaram aos resultados ruins foram as reduções de vendas de caminhões de 47,7% e de 47,5% no segmento de semirreboques em 2015.

“A crise de confiança instalada no País tem sido determinante para que a economia continue em recessão e reforce os fracos volumes de vendas e produção”, analisa o Diretor Financeiro e de Relações com Investidores, Geraldo Santa Catharina. Segundo ele, a já fragilizada demanda por veículos comerciais foi ainda mais prejudicada com a decisão do Governo de antecipar a suspensão do Finame PSI no fim de outubro. “A busca das montadoras pelo ajuste nos níveis dos estoques de seus pátios e dos seus concessionários derrubou os volumes de produção”, reforça Geraldo.

A ampliação de vendas para o mercado externo é uma das prioridades da companhia, e diversas ações estão sendo implementadas visando à recuperação de mercados.

No ano passado, a receita bruta total da empresa, com impostos e antes da consolidação, atingiu R$ 1,1 bilhão no quarto trimestre ou 16,5% inferior ao mesmo período do ano anterior (R$ 1,3 bilhão). No comparativo dos 12 meses de 2015, houve redução na receita bruta de 22,4% em relação ao mesmo período de 2014, totalizando R$ 4,2 bilhões em 2015.

O lucro bruto totalizou R$ 159,1 milhões no quarto trimestre de 2015 e representou 19,5% da receita líquida consolidada, tendo redução de 26,2%, em relação ao quarto trimestre de 2014, quando o lucro bruto atingiu R$ 215,6 milhões ou 23,6% da receita líquida consolidada. No comparativo anual, o lucro bruto diminuiu 32,0%, passando de R$ 943,0 milhões (25,0% sobre a Receita Líquida em 2014) para R$ 640,9 milhões (20,7% sobre a Receita Líquida em 2015).

Para o exercício atual, a Companhia retrata as expectativas conforme segue:

Guidance 2016

Receita Bruta Total – R$ 4,2 bilhões
Receita Líquida Consolidada – R$ 3,2 bilhões
Receitas no exterior – US$ 290 milhões
Importações – US$ 55 milhões
Investimentos – R$ 60 milhões

Fonte: Editora Na Boléia





Deixe sua opinião sobre o assunto!