CNH Industrial na campanha contra o Aedes Aegypti

por Blog do Caminhoneiro

cartas_okA CNH Industrial faz sua parte no combate ao Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e vírus zika, que se tornou uma preocupação global. Ano a ano, o surto dessas doenças tem mostrado que a questão é um problema de todos. Atenta à situação de emergência e às enfermidades, a empresa realiza inspeções constantes e promove campanhas de limpeza e conscientização para identificar e eliminar os possíveis focos, indo além dos portões das suas fábricas e envolvendo os colaboradores e seus familiares, lideranças e comunidades. Para isso, tem um Comitê especial e um responsável em cada unidade.

No começo deste ano, a CNH Industrial mapeou as oportunidadesde de atuação nas localidades em que está presente e definiu um cronograma de ações, de acordo com cada particularidade, para agir de forma eficaz. Desde então, todas as fábricas estão envolvidas no combate ao mosquito.

A prevenção e combate ao Aedes Aegypti, segundo o reponsável pelas áreas de Saúde, Meio Ambiente e Segurança da CNH Industrial, Fábio Belasco, tem sido contínua há algum tempo. “No entanto, com o grande aumento de casos e a descoberta de novas doenças no fim de 2015, estruturamos  ações mais sistemáticas, robustas e contínuas para eliminar todos os focos em nossas fábricas e nas regiões”, explica.

Uma grande campanha interna foi realizada pelo Comitê, com o objetivo de alertar e educar os funcionários para que eles sejam os embaixadores da causa, mutipliquem e repassem as informações. Dentre as medidas adotadas, também estão a aplicação de larvicidas, mudanças de procedimentos adotados para evitar o acúmulo de água, ações corpo a corpo com os colaboradores e inspeções permanentes.

Segundo Belasco, todos os colaboradores receberam uma tabela de averiguação de possíveis focos. “A ideia é que cada funcionário desempenhe um trabalho preventivo, seja no trabalho, em casa, entre outros”, disse.

Campanhas

Nas cidades mineiras de Contagem e Nova Lima, as ações de conscientização tiveram intervenções teatrais, com o intuito de incentivar ainda mais o movimento contra o mosquito. Já nos municípios de Sorocaba e Piracicaba, em São Paulo, para engajar ainda mais os colaboradores, foram promovidos o “Dia D”. Os funcionários participaram de uma palestra e puderam também ouvir depoimentos de colegas que já contraíram as doenças. Além disso, cada um ganhou um adesivo de “embaixador oficial” do combate.

Em Contagem e em Sete Lagoas (MG), as ações ultrapassaram as paredes das fábricas e foram para as comunidades. No município de Contagem, várias ações têm sido feitas envolvendo comunidade, Secretaria Municipal de Saúde, Sesi (Serviço Social da Indústria) e voluntários da fábrica. A empresa apoia a Brigada da Limpeza, da Prefeitura Municipal, e participa dos mutirões. Além disso, as crianças do programa social realizaram passeata na comunidade que fica no entorno da planta para conscientizar os moradores.

Ainda em Contagem, voluntários, crianças e agentes de saúde também visistaram diferentes locais e terrenos da região industrial para identificar focos, fazer a limpeza e conscientezar a comunidade. Outras ações de sensilibização também serão promovidas em conjunto com o Sesi, entidade ligada à Fiemg (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais).

Em Sete Lagoas, juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde, a CNH Industrial promoveu uma palestra no bairro Cidade de Deus. A empresa também aproveitou a oportunidade do Sempre um Papo, projeto cultural promovido na cidade, na Unifemm, e levou uma especialista para abordar sobre as doenças causadas pelo vírus Aedes Aegypti.

Para a especialista em Sustentabildade da CNH Industrial, Erika Michalick, as ações têm sido eficazes e gerado bons resultados. “A melhor forma de combate ao vírus é alertar e educar as pessoas, pois não podemos deixar que o mosquito se reproduza. Por isso, estamos fazendo a nossa parte, ensinando nossos colaboradores a fazerem seus deveres de casa e serem os embaixadores da causa onde eles estiverem. Assim, reunimos forças”, ressaltou.

Fonte: Divulgação

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário