Metalúrgicos da Volvo recusam acordo e seguem em protesto

por Blog do Caminhoneiro

linha de montagem volvo (2)Em votação secreta realizada na manhã desta quinta-feira (12), a maioria dos metalúrgicos da Volvo na Cidade Industrial de Curitiba reprovou a proposta apresentada pela empresa sobre o Plano de Demissão Voluntária (PDV) e o Plano de Demissão Involuntária (PDI).

“O resultado da votação mostra que o trabalhador espera neste momento difícil da economia brasileira o bom senso da empresa pra mantermos os postos de trabalho. Isto porque eles sabem que existem alternativas pra manter os empregos”, ressaltou o presidente do SMC, Sérgio Butka.

Com isso o protesto pela manutenção dos empregos iniciado na terça-feira (10) continua e uma nova assembleia será coordenada pelo Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC) amanhã às 7h30.

Caso fosse aprovado o pacote funcionaria da seguinte forma:

A opção ao PDV seria disponibilizada até 31 de maio. Ela consistia em:

– 1,5 a 4 salários (conforme tempo de casa)

– aviso prévio

– verbas rescisórias (com garantia de R$ 15 mil), adiantamento PLR e seguro desemprego.

– Isenção de Imposto de Renda

– Quitação da rescisão

Encerrado o prazo do PDV em 31 de maio, seria aplicado o PDI (Programa de Demissão Involuntário):

– 1,5 a 4 salários

– Aviso Prévio

– Verbas rescisórias (com garantia de R$ 15 mil)

– Adiantamento PLR

– Pagamento de Imposto de Renda

Fonte: Paraná Online

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário