Conheça o Bi-Toco – Volkswagem apresenta o Worker 17.230 6×2/4 Distributor

por Blog do Caminhoneiro

A MAN Latin America inova mais uma vez com soluções sob medida para o transporte de bebidas. A novidade agora é o VW Worker 17.230 6×2/4 Distributor. Esse caminhão adota, de forma inédita no segmento, solução derivada de um modelo 17 toneladas na versão 4×2 com a instalação de um segundo eixo direcional de fábrica, com todas as garantias da montadora. Com capacidade para carregar até 630 quilos a mais, isso faz toda diferença no custo operacional do frotista, que pode chegar a levar até 5% a mais por viagem.

Desenvolvido numa parceria com a BMB e a Randon, o modelo é o mais leve da categoria se considerado o conjunto caminhão e carroceria. Seu implemento é fabricado em alumínio para diminuir o peso total do veículo e a nova configuração dos eixos abre mais espaço rebaixado na carroceria, facilitando a operação de carga e descarga, além de diminuir a quantidade de pneus demandados — são dois a menos.

O rebaixamento do chassi e instalação do segundo eixo direcional são realizados na BMB, centro de customizações exclusivo da MAN Latin America, com todas as garantias da montadora. A solução permite um maior número de baias rebaixadas: são seis, duas a mais que na configuração tradicional. Para a solução, o foco foi a maior produtividade do cliente.

O segundo eixo direcional é uma nova proposta para o segmento, mas na qual a MAN Latin America já tem grande sucesso em outros mercados. São mais de seis mil caminhões Volkswagen com essa configuração. O objetivo de todo esse desenvolvimento é garantir um resultado superior aos nossos clientes no chamado TCO, o custo total de operação.

Ideal para aplicações mistas de entregas diárias urbanas e intermunicipais, esse Worker 17.230 Distributor pode transportar até 13.060 quilos de carga líquida, o equivalente a cerca de 390 caixas de bebidas. O modelo é equipado com o motor MAN D08, já consagrado no mercado brasileiro pela tecnologia EGR que dispensa a utilização de Arla 32, com 230 cv e excelente desempenho, mesmo em baixas rotações.

Fonte: MAN Latin America

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

7 comentários

Claudio Marques 16/10/2017 - 14:50

Em uma rápida analise a distancia entre os eixos pode claramente deixar o chassi suportar um peso forçando a inclinação do chassi entre os eixos sem falar a fadiga de outras peças do veiculo. a Meu ver a Ford deu um salto gigantesco em face a volks, em face de cabine, estilo e demais novidades.Ainda quanto ao argumento de praticidade e fato verificarmos que o peso do veiculo deveria em regra concentrar no eixo traseiro o que por uma questão de dinâmica a frente do veiculo se tornaria mais leve. Pelo alto custo do transporte rodoviário a implementação de um segundo eixo direcional pode economizar em força motriz mas terá em contra partida o gasto de mais dois pneus, sistema de freios, direção, molas, etc. Será mesmo que vale a pena este gasto. Um forte Abraço.

Reply
Almir Milanski 13/11/2016 - 14:56

achei interessante tenho um 13190 ele carrega 12 toneladas esse ai pode carregar 15 tranquilo

Reply
Felipe Natan Souza 12/10/2016 - 15:09

Wellington Luiz faz assim

Reply
Wellington Luiz 12/10/2016 - 15:12

Kkkkkk q coisa linda pra que faze isso

Reply
Felipe Natan Souza 12/10/2016 - 15:20

Ja vi um cargo em sp assim kkkkkjjjkkk

Reply
Elias 08/10/2016 - 10:16

E como que faz curva com isso ai?isso é coisa do professor pardal..ou seja gambiarra..

Reply
Anderson 08/10/2016 - 21:17

Kkkk

Reply

Escreva um comentário