Ford pretende usar apenas água reciclada na produção de veículos

por Blog do Caminhoneiro

cabine-ford-linha-de-montagemA Ford está trabalhando para usar somente água reciclada na produção de seus veículos. A empresa anunciou que nos próximos quatro anos deve alcançar a meta de reduzir o consumo de água potável em 72% e, a partir de 2020, zerar completamente o uso nas suas fábricas no mundo. A empresa já obteve resultados expressivos de redução do consumo de água, com uma economia de 61% de 2000 a 2015.

“Muitas de nossas fábricas estão localizadas em regiões do mundo com escassez de água e estamos conscientes do seu uso responsável”, diz Bruce Hettle, vice-presidente de Manufatura Global e Relações Trabalhistas. “Nosso objetivo é garantir um fornecimento estável de água para nossas instalações e para as comunidades locais, trabalhando em conjunto com elas.”

A próxima meta equivalerá a uma redução de quase três quartos no volume de água consumido desde a virada do milênio. De toda a água do planeta, menos de 1% está disponível para consumo humano, de acordo com a Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA). Os restantes 99% são água salgada dos oceanos, água congelada nos polos ou em locais inacessíveis para uso.

A Ford economizou mais de 38 bilhões de litros de água de 2000 a 2015, o suficiente para encher mais de 15.000 piscinas olímpicas. E conquistou essa meta em 2013, dois anos antes do programado. Essa redução foi obtida com a ajuda de novas tecnologias em áreas como usinagem e pintura e também de gerenciamento, com a medição de consumo em tempo real. A empresa também faz avaliações contínuas para buscar novas oportunidades de economia.

Pioneirismo

A Ford iniciou o seu plano global de redução de consumo em 2000, com o lançamento da Iniciativa Global de Gerenciamento de Água. A estratégia da empresa está alinhada com os princípios do CEO Water Mandate, iniciativa público-privada lançada em 2007 pela Secretaria Geral das Nações Unidas.

“A Ford reconhece o direito humano à água”, diz Kim Pittel, vice-presidente de Sustentabilidade, Meio Ambiente e Engenharia de Segurança da Ford. “A meta de zerar o uso de água potável nos processos industriais e a adesão ao programa da ONU mostram esse compromisso. Além de reduzir o uso de água nas nossas instalações, estamos compartilhando essas práticas com os fornecedores e multiplicando o seu impacto.”

Fonte: Ford

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

3 comentários

Luis Camelo 02/11/2016 - 01:07

Inclusive ela poderia usar o mesmo sistema de captação de água pela liquefação da umidade do ar pelo sistema de ar condicionado,feito por um engenheiro da área automotiva da marca.

Reply
Marcos Dos Santos Cruz 01/11/2016 - 12:58

Não é 51 mais é uma boa ideia

Reply
Mauro Rodrigues 01/11/2016 - 11:53

É devem ter feito estudos para que essa agua não afete a pintura futuramente

Reply

Escreva um comentário