PRF apreende caminhões com mais de 50 toneladas de excesso de carga

por Blog do Caminhoneiro

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), três caminhões que transportavam 53 toneladas de excesso de peso foram retidos na BR 116, em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, na última sexta (12). Os veículos transportavam até três vezes mais carga do que é permitido por lei e não portavam a Nota Fiscal da mercadoria. A carga era de pó de pedra para pavimentação de rodovia e seguia para o município de Cabrobó.

Os agentes fizeram ainda outras 12 autuações por equipamento obrigatório ineficiente, para-brisas rachados, placa sem condições de visibilidade, película irregular e pelo transporte de carga nas partes externas dos caminhões.

Foi necessário acionar seis caminhões para realizar a transferência da carga de forma adequada. Além de prejudicar o asfalto, o excesso de peso sobrecarrega o sistema de freios e aumenta o risco de acidentes.

Fonte: Folha PE

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

26 comentários
0

Artigos relacionados

26 comentários

Volmir Carlos Bogo 16/05/2017 - 08:30

Esses ai e facil prender quero ver eles prender os assaltantes d caminhão e ladrao d pneus ali na regiao d Salgueiro cabrobo e ibo onde eu ja fui vitima d assalto onde todo dia robam e eles nao fazem nada

Reply
Carlos Mori Junior 16/05/2017 - 01:42

Depois não sabem porque o asfalto do Brasil não dura nada…

Reply
Diego Ferraz 16/05/2017 - 01:27

Carlos Eduardo Alves de Oliveira Ronaldo Jr Ronaldo Junior

Reply
Antonio Santos 16/05/2017 - 01:26

e o Pt roba e roba e tão ai di jatinho e um trabalhador que é obrigado fase e pus cara vem tira ferramenta do sidadao e di mais viu

Reply
Fernando Souza 16/05/2017 - 01:21

forçaram um pouco nessa

Reply
Edson Viana 16/05/2017 - 00:21

Sinal que o caminhão é forte!

Reply
alcides de lara frança 15/05/2017 - 20:18

essas caçambas bitrens eh 52 ton de cargas que da um total de 77 ton bruto m
ais 50 ton de ecesso vai para 127 impossivel isso

Reply
Adelar Carnetti 15/05/2017 - 23:07

Não iria nem arrancar do lugar platô e disco de embreagem de aço kkkkkkk vão menti lá em Brasília

Reply
Adriano C Carnetti 15/05/2017 - 23:08

Sem contar os pneus que não sobra uma Carcaça para escapar

Reply
Adriano C Carnetti 15/05/2017 - 22:51

Fassa melhor a matéria piscina caminhão deses seria 65 toneladas cada um nem do lugar la no carregamento não saem

Reply
Andersondavi Endler 15/05/2017 - 21:46

Nen trabalha n deixo nesse brasil

Reply
Silvan Ritter 15/05/2017 - 21:45

Faze asfalto pra destruir asfalto

Reply
Nelson Vieira 15/05/2017 - 21:43

Sera que o carqueiro tem preçao

Reply
Andrino Domingos 15/05/2017 - 18:49

Onde ta a novidade

Reply
Marcelo Cavalcante 15/05/2017 - 18:28

Eles querem dar uma de gostosão eles se acham semi deus se um caminhão sessenta como dizem 50 t de excesso então estam com mais de 65 t de Carga nem uma carreta com 30 metros cubicos

Reply
Marcelo Cavalcante 15/05/2017 - 18:26

50 t de excesso mentira só cuba 18 metros cúbicos X 1.5

Reply
Armando Brito 15/05/2017 - 18:06

Cinquenta toneladas de excesso neste caminhões ai !!!! E isso mesmo??

Reply
Cleibo Costa 15/05/2017 - 17:48

A sim

Reply
Paulo Oliveira 15/05/2017 - 17:14

cuidado Regis Morais

Reply
Júlio César Lima 15/05/2017 - 17:11

Esses caçambas teriam que estar no mínimo com 60 toneladas de cargas pra dar 50 toneladas de exesso

Reply
Cida Gonçalves 15/05/2017 - 17:09

Olha ai Gentil Matos

Reply
Marcos Alberto Gomes de Figueiredo 15/05/2017 - 17:00

Nenhum Caminhao de terraplanagem anda com peso de balança não isso todo mundo saber

Reply
Erilson Bello 15/05/2017 - 16:59

Nossa mais de cinquenta toneladas não tem um erro nisso

Reply
James Moraes Mendes 15/05/2017 - 16:37

Caçamba nenhuma trabalha na tara, impossível

Reply
Leonardo Martins Melo 15/05/2017 - 16:21

AdrianaDuarte MarceloCoelho Ronaldo Lehmkuhl Filhinho Daiane Marcos Fraga Joel Patel Jose Alberto Pereira Santos

Reply
Cristiano Domingos Marcon 15/05/2017 - 16:09

Adriano Flores

Reply

Escreva um comentário