DNIT vai apurar denúncia sobre estreitamento de pista na BR 135

O caminhoneiro Manuel Dias de Ataíde alertou no programa Revista Brasil, da Rádio Nacional AM, sobre um problema de estreitamento em um trecho da BR-135, que liga Barreiras (BA) a Eliseu Martins (PI). Segundo o caminhoneiro , a pista asfaltada é muito estreita para ser mão dupla. Como não tem acostamento, os retrovisores acabam batendo quando os veículos se cruzam.

O Superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) na Bahia, Amauri Souza Lima, afirma que a pista não é estreita (tem 3,70 m para cada lado, resultando em 7 metros de extensão), mas admite que não tem acostamento porque é um padrão nos Anos 70, época da construção da rodovia.

Amauri Souza Lima informou que uma equipe vai examinar o local, em breve. Ele lembra ainda que a Bahia e Minas Gerais têm a maior malha rodoviária do país.

Ouça a entrevista


Fonte: EBC




5 comentários em “DNIT vai apurar denúncia sobre estreitamento de pista na BR 135

  • 11/06/2017 em 15:33
    Permalink

    Essa rodovia conhecida como trans piaui nem deveria ser considerada uma BR a metragem dela e toralmente fora dos padroes de uma rodovia interestadual e umas das principais do escoamento da safra e outros…eu mesmo ja passei por maus bocados q jamais esquecerei…

  • 10/06/2017 em 21:45
    Permalink

    Não e so na BR135 quase todas as Brs que passam por obras estão cada vez mais estreitas

  • 08/06/2017 em 20:56
    Permalink

    Se for a maior malha rodoviária do país não justifica estreitar , pista

Fechado para comentários.