Mercedes-Benz lança mão de horas extras até abril




Devido à reação do mercado de pesados e melhora na demanda por caminhões e ônibus, a fábrica da Mercedes-Benz em São Bernardo vai operar em regime de horas extras em dois sábados por mês até abril. Segundo o coordenador do comitê sindical da Mercedes, Angelo Máximo de Oliveira Pinho, também conhecido como Max Pinho, a ação teve início neste mês.

A montadora alemã afirmou, em comunicado, que “100% da produção (equipes de caminhões, ônibus e agregados) está trabalhando aos sábados”. Ao todo, os funcionários da fábrica trabalharão por 11 sábados “para atender demanda específica para caminhões e ônibus”.

“Os principais clientes são de fora (do País), como, por exemplo, a Colômbia e países localizados no Oriente Médio, que nunca haviam comprado produtos da gente (Mercedes)”, explicou o representante do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Conforme dados do último levantamento da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), referente a outubro, o ramo de pesados registrou a exportação de 31.509 veículos, alta de 26,2% em comparação ao mesmo período no ano passado, quando 24.959 unidades foram vendidas a outros países. A produção segue pelo mesmo caminho, com aumento similar, de 26,5% para o período, passando de 67.154 para 84.968 unidades fabricadas.

Ainda na avaliação de Max Pinho, o mercado interno também está trilhando o caminho da recuperação. “A 21ª Fenatran (Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas) foi um sucesso, com novidades tecnológicas e releituras que estão aquecendo o mercado. O reflexo disso é o aumento da nossa jornada.”

Fonte: Diário do Grande ABC

 




2 comentários em “Mercedes-Benz lança mão de horas extras até abril

Deixe sua opinião sobre o assunto!