Protesto contra preço alto provoca falta de combustíveis em pelo menos 60 cidades de Goiás

por Blog do Caminhoneiro

O protesto contra o preço alto dos combustíveis, que começou na última segunda-feira (13), gera desabastecimento em pelo menos 60 cidades de Goiás, de acordo com o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado de Goiás (Sindiposto). Deste total, em 15 municípios não há nem etanol e nem gasolina nas bombas. Em Goiânia, até a manhã desta quarta-feira (15), 70 estabelecimentos enfrentam algum tipo de desabastecimento.

Apesar de divulgar o balanço, o Sindiposto ainda não informou a lista das cidades afetadas pelo desabastecimento.

O movimento, organizado por motoristas, caminhoneiros, taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativos de transporte particular. Após liminares, os manifestantes deixaram nesta manhã três dos sete polos de distribuição de combustíveis, sendo dois em Senador Canedo e um em Goiânia. De acordo com um dos organizadores do protesto, Fabrício Nélio Feitoza, a manifestação continua nesses quatro locais por tempo indeterminado.

“Saímos devido à ordens judiciais que recebemos da Justiça em Senador Canedo e Goiânia. Mas o movimento vai continuar nos demais pontos. E vamos recorrer das decisões”, contou.

Em uma das decisões, o juiz Carlos Eduardo Martins da Cunha argumentou que “as atitudes dos manifestantes vem perturbando e impedindo o funcionamento da empresa requerente”. Com isso, disse que o protesto não pode ferir outras garantias constitucionais, como a liberdade econômica da distribuidora.

Em outra liminar, o juiz Thulio Marco Miranda determinou o desbloqueio da rua que dá acesso a outra distribuidora sob pena de multa diária de R$ 10 mil.

Na noite de quarta-feira (14), os manifestantes chegaram a desbloquear uma terceira distribuidora que fica no Jardim Novo Mundo, em Goiânia, após receberem uma decisão judicial. Com isso, vários caminhões conseguiram carregar o combustível para levar aos postos.

Porém, horas depois, o local foi bloqueado novamente. “Nós desobstruímos de maneira pacífica, sem polícia, só com a ordem judicial. Mas, no final do dia, voltamos para a portaria. São várias cooperativas, então o ato é rotativo. Se for a mesma pessoa que estiver [bloqueando], a multa é de R$5 mil. Como é rotativo, o pessoal é livre”, disse Feitoza.

Já na manhã desta quinta-feira, liberaram novamente a entrada e saída para que os caminhões pudessem carregar os combustíveis e levar até os postos.

O advogado do movimento, Vinícius Pedro Giacomini Biazus, informou que deve entrar com recurso contra as três liminares. “Devemos recorrer ainda hoje, é questão de tempo. Apesar disso, em outras distribuidoras, os manifestantes seguem bloqueando a entrada e saída de caminhões”, afirmou.

Desabastecimento

Com o bloqueio, muitos postos de Goiânia e em cidades do interior ficaram sem gasolina e etanol. Motoristas enfrentaram longas filas para tentar abastecer. Além da espera, os clientes enfrentam altos preços no litro da gasolina, que pode chegar a R$ 4,99.

Segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado de Goiás (Sindiposto), até a tarde de terça-feira (14) ao menos 10 cidades estavam sem algum tipo de combustível. Em outras duas, não há gasolina nem etanol em nenhum estabelecimento. Na capital, cerca de 60 postos enfrentam algum tipo de desabastecimento.

De acordo com o representante do Sindiposto, Antônio Carlos de Lima, em todo o estado há 1.620 postos de combustíveis. Ele não soube dizer exatamente quantos estão enfrentando o problema, mas listou algumas cidades com desabastecimento.

“Há falta de combustíveis em cidades como Inhumas, Piracanjuba, Rio Quente, Firminópolis, Caldas Novas”, disse.

Ação contra os postos

Por causa do preço do etanol, a Superintendência Estadual de Proteção aos Direitos do Consumidor (Procon-GO) propôs uma ação contra 60 postos de combustíveis suspeitos de aumento abusivo no valor do combustível. Segundo o órgão, alguns estabelecimentos tiveram lucro de até 120% em Goiânia.

O reajuste também influencia no valor da gasolina.“A elevação do etanol sem justa causa está mantendo o preço da gasolina do jeito que está, elevado desta forma por falta de opção do consumidor de buscar o outro combustível”, afirma a superintende do Procon-GO, Darlene Araújo.

A Polícia Civil está investigando a formação de cartel entre postos de combustíveis de Goiânia. Segundo a corporação, o processo está em andamento na Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra o Consumidor. O Procon também acredita nessa prática.

Protesto

O protesto começou por volta das 5h de segunda-feira. Os manifestantes se reuniram em frente ao estacionamento do Estádio Serra Dourada e seguiram pela GO-020 até a porta das distribuidoras em Senador Canedo.

Os manifestantes reclamam do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que é de 30% para a gasolina e de 25% para o etanol. Eles também protestam contra a prática de cartel entre os postos, padronizando os preços. Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), Goiânia tem o valor médio do litro da gasolina mais caro do país.

Em nota divulgada na segunda-feira (13), a Secretaria da Fazenda negou que o aumento dos preços ocorreu por causa do ICMS cobrado dos postos. “Embora a alíquota do ICMS de combustível seja aparentemente elevada, ela está em linha com a tributação que diversos estados brasileiros praticam. Grande parte deles cobra entre 25% e 31%”.

Ainda de acordo com a secretaria, a “última alteração da alíquota de gasolina fará dois anos em janeiro, que passou de 27% para 28%, mais os 2% de contribuição do Fundo Protege. De lá para cá, no entanto, vários aumentos de preços foram repassados ao consumidor. Além disso, existem diversos benefícios fiscais que diminuem a carga tributária do etanol (25%), diesel (16%) e etanol anidro (que é misturado à gasolina). No caso do etanol, a maioria das usinas também tem o benefício somado do Produzir, resultando em carga tributária real entre 9% e 11%.”

O representante do Sindiposto afirma que não existe essa prática criminosa no setor. “Para ter cartel, tem que ter combinação prévia, dolosa e com fim de manipular mercado. Até hoje nenhum dono de posto foi condenado por cartel no estado de Goiás. Na Justiça não se prova a combinação prévia, dolosa e com fim de manipular mercado”, justificou Lima.

Fonte: TV Anhanguera

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

65 comentários
0

Artigos relacionados

65 comentários

Gil Loko 16/11/2017 - 19:23

Tem que trancar os portões das distribuidoras de combustíveis ja

Reply
Rildo Marciano 16/11/2017 - 19:17

E pouco ainda para so os caminhoes tanques e pronto

Reply
Joao Americo Domingues da Silva 16/11/2017 - 18:30

Agora sim faltando nos postos e faltaram mantimento colocar esse safado baldear nas costas

Reply
Angelo Gomes 16/11/2017 - 18:27

Reply
Samuel Rossi 16/11/2017 - 17:48

Um bom começo…

Reply
Rafael Moraes 16/11/2017 - 17:45

Acho é pouco

Reply
Bruno Silveira 16/11/2017 - 17:30

Ta certo mesmo tem q parar tudo

Reply
Rodrigo Freitas Espindola 16/11/2017 - 17:24

Infelizmente acaba atingindo no geral a população. Mas a cada dia as cargas tributárias vão se agravando e com isso vamos sofrendo.

Reply
Carlos Cruvinel 16/11/2017 - 17:05

Tem que parar Brasília

Reply
Thiago Costa 16/11/2017 - 16:57

Aqui em macae ja chegou aos incríveis 4,80

Reply
Jose Carlos 16/11/2017 - 16:57

É muito bom isso é bom quer falte no Brasil todo.

Reply
Gelson Silveira 16/11/2017 - 16:35

Parabéns
O Posto parando
Para o transporte assim da certo. …

Reply
Elinaldo Alves 16/11/2017 - 16:29

Era pra ser no Brasil td

Reply
Fabiano Alves 16/11/2017 - 16:26

Deveria ser en todo pais não so no Goiás

Reply
Leandro Cardoso 16/11/2017 - 16:23

Tem que parar é td

Reply
Iolanda Cavalcante 16/11/2017 - 16:21

Apoio

Reply
Aparecida Alves 16/11/2017 - 16:10

Amanhã, vou procurar combustível. Goiânia tá um silêncio total de motor de veículos…

Reply
Anderson Canto 16/11/2017 - 16:03

Combustivel só para ambulancias, hospitais e viaturas da policia . Parabens é assim que se conquista as reinvidicacoes.

Reply
Beto J. Hamester 16/11/2017 - 15:54

Por mim deveria ficar sem combustível pelo menos até o Natal ai quem sabe esse governo ladrão e os acomodados levantariam a bunda pra reclamar.

Reply
Clebson Duarte 16/11/2017 - 15:49

Inprecionante isso

Reply
Jose Chagas 16/11/2017 - 15:47

que triste esta notícia depois que aconteceu o protesto ai todos fala na falta de combustível em Goiás.durante os dias de protesto a imprensa ficou bem caladinha

Reply
Cleverson Domingos 16/11/2017 - 15:31

Aprenderam biézada!!! É só parar os caminhões de combustível. Força e foco, persistência! Que uma hora o governo cede

Reply
Daniel Ferreira 16/11/2017 - 15:30

O BRASILEIRO SÓ PENSA EM FUTEBOL ENCUANTO ESA CORJA DE LADRÃO ESTÁ SÓ FERRANDO O PAÍS

Reply
Miqueias Ferreira 16/11/2017 - 15:29

Tem que fazer essa ação em todo Brasil !!!

Reply
Daniel Ferreira 16/11/2017 - 15:28

OS MOTORISTA DE SÃO PAULO SÃO TODOS CAGAO É NÃO SÃO UNIDOS

Reply
Hélio Volpato 16/11/2017 - 16:19

Por que de São paulo???? SÓ vi o Goiás fazer a greve o resto do pais esta com a bunda no sofá. Mas você só viu são paulo por quê?

Reply
Renan Vianna Monteiro 16/11/2017 - 15:21

Isso ae galera, o Rio de Janeiro deveria aderir a greve pois aqui o combustível está um absurdo..

Reply
Odenilson Rodrigues Muniz 16/11/2017 - 15:19

Isso mesmo,tinha q parar todos os tanqueiros do Brasil!

Reply
Joao Marcelo Tremarin 16/11/2017 - 15:16

Isso aí tem que botar pressão

Reply
Fabio De Sousa CG 16/11/2017 - 15:14

Deveria ser no Brasil todo essa manifestação
Tá muito alto o preço do combustível
Tem lugar que a gasolina chegar a 4,30$

Reply
Sergio Qra Solimões 16/11/2017 - 15:12

Reply
Gustavo Cordeiro 16/11/2017 - 15:12

Parabéns.

Reply
Amaury Altino Lima 16/11/2017 - 15:06

Aparecida Alves

Reply
Rodrigo Soares 16/11/2017 - 15:01

Tinha que fecha tudo em Brasília pra esses políticos senti a pressão

Reply
Genildo Feitosa 16/11/2017 - 14:59

E isso ai só assim pra essa país mudar, e pra esses políticos corruptos perceber q o povo brasileiro ta cansado de ser roupado… parabéns

Reply
Lauricio Roos 16/11/2017 - 14:56

Todo o Brasil tinha que aderir a esse protesto

Reply
Andriel Pereira 16/11/2017 - 14:51

O preço da gasolina no Acre tá 4,73 no dinheiro isso em Rio Branco

Reply
Luciano da Silva 16/11/2017 - 14:51

Já acabo lá tava ouvindo na CBN e nao resolveu nada a única coisa que deu que o povo fico s gasolina e postos que tinham PR vende cobrando 5 reais o litro ou sej a mais fumo pro povo kkkkk

Reply
Idioni Rodrigues Silva Heep 16/11/2017 - 14:49

Obrigado pela informação…estávamos compoucas notícias sobre isso tem um outro grupo que faz so propaganda de mulheres não passa nada de importante…moro no Goiás…brasileiro tem q ser mais unido pr isso da certo..parabéns pelas informações ao blog do caminhoneiro

Reply
Hélio Volpato 16/11/2017 - 14:47

Só os goianos tem vergonha na cara o resto do pais fica com mimimi na internet chingando a bosta do temer mas não levanta a bunda do sofá pra fazer nada

Reply
Dudu Jesus 16/11/2017 - 14:42

Quero ver até quando!
Daqui a pouco vem a justiça e mandam tds irem embora.
Sai todo mundo.
Queria ver enfrentar polícia e outros mais sem ter q baixar a cabeça

Reply
Alexandre de Sá 16/11/2017 - 14:42

Tem que espalhar esse protesto por todo o Brasil

Reply
Carlos Torralvo 16/11/2017 - 14:40

tem que parar e td os barriga de aço tem o poder bas mãos quero ver aonde vão enfiar os produtos

Reply
Rafael Ana Arthur 16/11/2017 - 14:38

Vitor Mendes olha ai

Reply
Rodson Rodrigues 16/11/2017 - 14:38

Tem que fazer isso e todo país. E todos os tanques

Reply
Rodrigo Sene 16/11/2017 - 14:35

Se durasse né

Reply
Gilson Francisco 16/11/2017 - 14:35

Bora povo do Brasil Bora fechar esse suposto tudinho do Brasil meu vamos dar uma resposta para esse safado aí ó

Reply
Jaime Mariano 16/11/2017 - 14:35

Eta povinho desunido tinha que para o país

Reply
Jaime Mariano 16/11/2017 - 14:34

Vdd absurdo

Reply
Iziel Rodrigues 16/11/2017 - 14:30

isso e pra quem fala que não depende de caminhao

Reply
Jaime Mariano 16/11/2017 - 14:36

É parça o pessoal gosta muito de nós cominhonero

Reply
Jaime Mariano 16/11/2017 - 14:37

Kkkk

Reply
Iziel Rodrigues 16/11/2017 - 14:37

tomara que o povo adere quero ver pra onde vai cem conbustivel

Reply
Lucas Tiburcio Ferreira 16/11/2017 - 14:25

Tem para o Brasil inteiro se não resolver

Reply
Adri Sossela 16/11/2017 - 14:24

Rogerio Aguilar Cavalheiro

Reply
Bruno Misquita 16/11/2017 - 14:22

Nesse protesto eu estou com vocês, mas por favor, que essa seja a gente nica bandeiras, pois todas as outras manifestações de vocês as bandeiras eram piadas prontas.

Reply
Fabio Veber 16/11/2017 - 14:22

Legal

Reply
Rodrigo Munsfelt 16/11/2017 - 14:19

Tem q fechas as refinarias no Brasil td se n n muda nada,ta uma vergonha esse país de ladrões e corruptos.

Reply
Vera Rodrigues 16/11/2017 - 14:15

E Quando chegar os combustíveis nos pontos pedir a nota fiscal porque só nos dão um comprovante e nota fiscal nos pedagio tbm

Reply
Leonardo Yaltsin 16/11/2017 - 14:14

O protesto deveria se espalhar pelo restante do país. Baixem esse preço JÁ!

Reply
Adri Sossela 16/11/2017 - 14:23

Para o protesto se espalhar terá que chegar a gasolina a 10 reais o litro porque duvido que vão julgar os caminhoneiros por estar protestando vai doer o bolso de cada um e vão se unir e dar forças um ao outro

Reply
Geraldinho Geraldim 16/11/2017 - 14:11

As coisas n melhoram devido brasileiros serem desunidos…so adiantando, semana q vem tera alta combustiveis de novo !

Reply
Magno Airesfreire 16/11/2017 - 14:18

vdd

Reply
Daniel Mateus 16/11/2017 - 14:09

Pelo jeito só tá caro no Goias!

Reply
Luis Wanderlan Del Secchi 16/11/2017 - 14:06

Resto do pais nao fas nada

Reply

Escreva um comentário