Soros investe em empresa brasileira de compartilhamento de caminhões




A startup brasileira CargoX recebeu R$ 66 milhões em investimentos de Soros, do Goldman Sachs e do braço de investimentos da Qualcomm.

Considerada uma espécie de “Uber dos caminhões”, a startup brasileira CargoX acaba de anunciar ter recebido um aporte de R$ 66 milhões. Nesta rodada, investiu um fundo composto por Goldman Sachs, o bilionário George Soros e o braço de investimentos da Qualcomm. O valor será somado aos R$ 46 milhões levantados nas séries A e B e eleva o aporte total da companhia para R$ 112 milhões.

Lançada em 2016, a CargoX oferece uma plataforma de serviços de carga para empresa que otimiza uma rota ociosa de caminhões de forma a diminuir custos. Um levantamento divulgado pela própria empresa mostrou que 75% de todo o frete brasileiro é transportado por caminhões que operam com ociosidade em 40% do tempo.

“Nós desenvolvemos uma plataforma com uma rede de milhares de motoristas autônomos, o que nos permite coletar dados em tempo real, gerando mais eficiência, diminuindo a ociosidade dos caminhões e criando uma reputação positiva no mercado nacional”, conta em nota, Federico Vega, CEO da CargoX. Ele afirma que a nova rodada de investimentos será usada para escalar as operações “no Brasil e globalmente”.

Fonte: Gazeta do Povo




Deixe sua opinião sobre o assunto!