Caminhoneiros paraguaios fazem greve contra bitrens

por Blog do Caminhoneiro

Desde a madrugada desta segunda-feira (29) centenas de caminhões estão parados nas rodovias paraguaias. Segundo o portal local ABC Color, o motivo é um acordo entre os governos do Paraguai e do Mato Grosso do Sul que permite, a partir de agora, que os treminhões ou bitrens — caminhões com dupla carroceria — possam levar as safras brasileiras e paraguaias de milho e soja até o porto de Concepción, no Paraguai, onde a carga segue pela hidrovia Paraná-Paraguai.

A carga brasileira viria do município de Ponta Porã (MS), na divisa com o Paraguai e seguiria até o porto fluvial. A permissão para os bitrens valeria por seis meses, durante a época da safra de grãos.

O acordo, no entanto, não agradou em nada os caminhoneiros paraguaios que decidiram fazer uma greve. Eles argumentam que os motoristas brasileiros serão beneficiados com a medida, uma vez que, até agora, os bitrens eram proibidos de circular no Paraguai e que portanto não há motoristas paraguaios dirigindo este tipo de caminhão.

Além disso, os caminhoneiros afirmam que a Rota 5 — a rodovia paraguaia pela qual a carga seria escoada — não possui infraestrutura para suportar os caminhões maiores.

David Ramos, representante da União de Caminhoneiros do Paraguai, afirmou em entrevista à rádio local ABC Cardinal que a “resolução é antipatriótica”.

O Ministério de Obras Públicas e Comunicações, responsável pela resolução, rebate as críticas. Para o governo paraguaio, os caminhoneiros não perderão seus empregos porque a carga que será transportada pelos bitrens não circulava pelo Paraguai e que a passagem da safra brasileira pela região norte do país irá gerar novos empregos.

Em uma nota oficial, o ministério ressalta que o transporte feito pelos bitrens são seguros e que suportam 20% mais carga do que os caminhões paraguaios. O manifestantes afirmam que os bitrens suportam o dobro da carga de um caminhão normal, o que diminui a demanda dos serviços paraguaios.

Os argumentos do governo não convenceram os caminhoneiros que seguem com a greve pelas estradas paraguaias.

Os sindicatos prometem realizar um “caminhonaço” na capital, Assunção. A Polícia Nacional paraguaia já anunciou que vai intervir e organizar o protesto.

Já a Associação de Comerciantes e Industriais de Concepción convocou protestos a favor do acordo que permite a circulação dos treminhões para o final da tarde desta segunda-feira.

Fonte: Portal R7

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

34 comentários
0

Artigos relacionados

34 comentários

natanael 31/01/2018 - 07:06

acho que pra rodar bitrens no paraguay o proprio deveria tanbem liberar para seus motoristas o mesmo direito pois seria injusto para os paraguaios esta medida afinal eles seria prejudicados

Reply
João Klug 31/01/2018 - 03:30

Melhorar liberar esses bitren no Paraguai que sobre alguma coisa pras ls pra nos que tá feio o negocio.

Reply
Rafael Stertz 31/01/2018 - 01:27

Estão corretos, quanto mais peso menor o frete.

Reply
Juci Nilson 30/01/2018 - 22:16

Bem serto eles. Parabéns

Reply
Aryzinho Chofe Moral 30/01/2018 - 19:52

Ops

Reply
Jose Carlos Partica Partica 30/01/2018 - 19:11

Acho justo mesmo,nossos irmãos paraguay proibir essas coisas de andar no país deles .ou tão achando que os paraguaios não são unidos , parabéns irmãos paraguay pela iniciativa.

Reply
Luciano Lima 30/01/2018 - 19:09

O galera do paraguaio que do valor né Brasil não

Reply
Eduardo Bertolini 30/01/2018 - 18:50

Pagam salário de 1 motorista mas o motorista tem que arrastar duas carreta.

Reply
Alessandro Morais 30/01/2018 - 19:07

Eduardo Bertolini para alguns Brasileiros caminhoneiro não tem direito a reclamar de nada,somos considerado bandidos, drogados e nenhum Político fala em ajudar a nossa classe

Reply
Marcelo Timoteo 30/01/2018 - 19:39

Pior que tá assim mesmo e cada vez piora mais ainda mais com esse tal de senai

Reply
Eduardo Bertolini 30/01/2018 - 19:44

As empresas quer motoristas sem esperiencia pra pagar pouco.

Reply
ANDRE LUIS MACHADO 30/01/2018 - 15:42

Se existe incoerência nisso, então eles estão corretos em reclamar e parar, os motoristas brasileiros deveriam aprender com os Paraguaios, já que os brasileiros engolem qualquer coisa.

Reply
Anderson Busch 30/01/2018 - 16:46

E está certo eles, pq senão daqui uns meses ou anos, vai ter 9 eixo rodando por lá, acabando com os fretes como vem acontecendo aqui no Brasil

Reply
Rafael Marques 30/01/2018 - 16:26

Apoiado

Reply
Luciano Rejane Pereira 30/01/2018 - 16:15

Os brasileiros estragaram os fretes no Brasil, agora querem estragar no Paraguay, botem fogo nesses Loko, façam o que sempre falaram que fariam se entrasse bitrem no Paraguay.

Reply
Franciane Martins 30/01/2018 - 15:42

Aqui no Paraguai ta tudo parado
Certo mesmo os caminhoneiros Não ao bitrem aqui

Reply
Valdecir Silva X Eva Silva 30/01/2018 - 15:38

Não deichar mesmo aqui nó Brasil os trocha só querem pucha pesso de grassa pos outros

Reply
Jose Antonio Nogueira 30/01/2018 - 15:36

SOU BRASILEIRO, GOVERNO NÃO ESTÁ NEM AI COM CAMINHONEIROS..AQUI NO BRASIL ESTÁ RUIM PORQUE A NOSSA CLASSE É COVARDE E NÃO DESUNIDA..E ENTRA E SAI NO BRASIL QUEM QUIZER… FORÇA PARAGUAI FAÇA VALER OS SEUS DIREITOS

Reply
Jose Antonio Pimentel Nunes Pimentel 30/01/2018 - 15:33

Quem deveria parar eram os motoristas brasileiro mas são todos uns covardes.nao tem união.e ainda se deixam ser manipulados por sindicatos e associações que não tão nem aí para a classe.se a classe se unisem nós tínhamos a força não precisa fechar rodovia não é só deixar os brutos nas garagens e postos só uma semana prá faltar tudo.vcs íam ver esse governo sem rumo.negociar tudo que a classe pleitea mais não consegue porque não tem união

Reply
Cleber Gallardo 30/01/2018 - 16:41

Disse tudo e sempre repito motoristas caminhoneiros são covardes e uns maricas que amam assistir novelas das 9. Tropa de viados que tu chega às 9 para abastecer e tomar banho e jantar tá cheios os pátios por causa da tal novela. Uma vergonha nossa classe. Não existe união e nem companheirismo. Covardes

Reply
Marcelo Timoteo 30/01/2018 - 15:28

Melhor coisa que eles fazer tem que fazer isso mesmo pro frete não virá lixo igual no Brasil por causa dessas merdas

Reply
Dorival Sena 30/01/2018 - 15:13

Parabéns. aos Paraguais ak fazer o q querem e ninguém faz nada

Reply
Lucas D Marco 30/01/2018 - 14:54

Cada vez mais paraguaios superando brasileiros em tudo….

Reply
Ivan Brinhol 30/01/2018 - 14:51

Tem que trança mesmo se deixa entra vira uma bagunça igual a do Brasil combustível caro pedágio caro e frete horrível

Reply
Luiz Castro 30/01/2018 - 16:02

Frete e uma questão de oferta e demanda… o combustível nada tem haver com a quantidade de eixo permitida….

Reply
Jaderson Camargo Zanella 30/01/2018 - 14:35

Kkkk

Reply
Paulo Malagueta Câmara 30/01/2018 - 13:32

Muito bem certíssimo

Reply
Jocemar Assmann 30/01/2018 - 13:09

Certo eles não se alguém ao bitren ou 9 eixo acaba com as estradas e tirar o frete de outros e baixa o presso do frete

Reply
Larocca Rodney 30/01/2018 - 12:41

Fazem greve porque não tem nenhum para puxa se tivesse eles não ia fazer

Reply
Silvino Junior 30/01/2018 - 13:35

Nao tem pq nao era liberado amigo pq.os caminhoes aqui sao bem superior em Tecnologias se comparando com caminhão brasileiros…engracado em vez de vocês brigarem por Fretes melhores prefere colocar eixo e puxar carga de dois caminhão…. muito inteligente

Reply
Luciano Ramos 30/01/2018 - 13:58

Se bitrem desse dinheiro,frete do Brasil não taria tão defasado,frota sucateada,preferem puxar peso do que reclamar por um frete mais justo!!!

Reply
Silvino Junior 30/01/2018 - 14:01

Luciano Ramos falou e disse tudo….e o que sempre digo querem consertar o frete com peso kkkk

Reply
Robson L Caetano 30/01/2018 - 14:28

Não é pq lá ao contrário daqui eles brigam por interesse de TDS não é igual a caras do seu tipo tá bom pra vc FODA-SE os outros.

Reply
Wagner Viana 30/01/2018 - 12:28

Não dêem mole não. Aqui no Brasil já têm o minhao. Mais o salário ó

Reply

Escreva um comentário