Coluna Mecânica Online – As marcas de 2017 e o que esperar de 2018




O hodômetro já está próximo de mudar de quilometragem percorrida. Vamos celebrar um novo ano passando a rodar no km 2018 com muito do que foi revelado em 2017. Aqui não é diferente, temos as marcas do que se foi e os sonhos que vamos ter. Não tem como fugir desse tema no final do ano em nossa coluna, mas o clima de trabalho realizado e a preparação para começar ainda melhor precisam ser comemorados por todos nós.

A realidade brasileira é muito difícil. Temos um desemprego altíssimo, uma violência de guerra nas ruas, justiça lenta e políticos que trabalham em causa própria. Vamos sobrevivendo, mas não está fácil para ninguém.

A indústria automotiva está sempre acreditando na recuperação. Mas a indecisão de políticas sérias e firmes por parte do governo pode resultar numa fase de dúvidas e indefinições, que vão atrasar os próximos passos do setor.

Na coluna passada abordamos os “Melhores Veículos de 2017 para 2018”. Hoje o assunto fica nas marcas e desejos que teremos para o novo ano.

A Honda criou um segmento único, seu, com o lançamento do WR-V. Caro, o cliente investiu mais pelo pós-venda e imagem que a marca possui no mercado, que nos itens oferecidos no modelo. Vida difícil num mercado cada vez mais concorrido. A esportividade está na agenda da marca com Honda Civic Si. No início do ano será a vez da quinta geração do CR-V, que ganha novo tamanho, refinamento e motor turbo.

A Renault bem que poderia usar o slogan da irmã Nissan pelo seu “atrevimento”. Com design marcante e a opção da transmissão automática de seis velocidades, o Captur encanta por onde passa. Mas o atrevimento ficou por conta do lançamento do Kwid. Muitas pessoas curiosas perguntavam sobre o “suv” pequeno da Renault.

A marca conseguiu conquistar os clientes antes mesmo do lançamento. Adequado para sua proposta, o Kwid surpreendeu positivamente e negativamente o consumidor: ágil, econômico e até mesmo espaçoso. Já um recall de todos os modelos produzidos assustou, mas a Renault fez os devidos ajustes e o modelo já é oferecido até na Argentina. Em 2018 a fabricante deve atualizar o Duster no visual e reforço na lista de equipamentos.

2018 com certeza será um ano de boas novidades no segmento das picapes grandes. Renault (Alaskan), Mercedes-Benz (Classe X) e Nissan preparam boas notícias. Ainda assim, a Nissan conseguiu acelerar o processo e lançou a nova Frontier. Única grande novidade no ano em seu segmento, conquistou muitos prêmios e mostra bons eventos mecânicos e de construção.

Falando em japonês, a Toyota é outra fabricante que tem conquistado seu merecido reconhecimento no mercado. Investindo em modelos confiáveis como o Corolla, que ficou mais seguro, tem o Etios muito bem em seu segmento e de reputação com o consumidor. Hilux ficou mais esportiva e tecnológica, mas tecnologia de verdade e inovadora quem oferece é o híbrido Prius, que já começa a conquistar um número maior de consumidores.

Em meados de 2018 será a vez do hatch Yaris, que ficará posicionado entre o Etios e o Corolla chegar por aqui.

A Audi fortalece sua presença no Brasil. A3 e Q3 são destaques em eficiência energética e bom comportamento dinâmico. Novos Q5 e A5 vão no mesmo caminho, com a diferença do tamanho. Nova geração do A8, que combina inteligência artificial e direção autônoma chega no próximo ano.

A Ford começou 2017 com mais uma versão para o Ka, a Trail. Comportado e justo, o modelo de entrada da marca agrada quem procura economia e boa dirigibilidade. Renovação do ano, o EcoSport ganhou a inédita motorização 1.5 litro com três cilindros e foco na eficiência energética mas sem perder na dinâmica. Desafio não é fácil. New Fiesta também ganhou modificações de estilo. Logo no início do próximo ano será a vez do Mustang ganhar as ruas brasileiras.

Em 2017 acompanhamos o nascimento da Nova Volkswagen e muitos investimentos. Não por acaso o Carro do Ano, prêmio promovido pela AutoEsporte, elegeu o Novo Polo como destaque. Muito bem acertado, o carro foi pensado em todos os aspectos: segurança, design, interior tecnológico, eficiência energética e baixo custo de propriedade. Ainda tem gente que diz que ele é um Gol maior. Recomendo que passe numa concessionária e veja as muitas diferenças. Se você dirigir, então, sua opinião será muito diferente.

Para 2018 já temos a chegada do sedã do Novo Polo, o Virtus, com preços estimados entre R$ 60.000 e R$ 80.000. No Salão do Automóvel, em São Paulo, o destaque da Volks deve ser o T-Cross, um SUV para brigar com Renegade e HR-V.

A Fiat, aliás o grupo FCA, trabalhou muito no ano e não teve vida fácil. Saiu de cena o Punto. Chegou o Argo. Com acabamento interno muito bom para seu segmento, mecânica eficiente e tecnologias, o Argo só faltou ter uma identidade própria, um design verdadeiramente italiano e único, para ser ainda mais falado nas ruas. Recall já agora ao final do ano complicou a imagem do Argo e principalmente da picape Toro com motorização diesel. Jeep Compass é sucesso absoluto com sua boa relação de custo e benefícios.

Na agenda da Fiat temos o sedã do Argo, Cronos, ainda no primeiro trimestre.

E o carro do ano na Europa também veio para o Brasil. A Peugeot não poupou tecnologias, acabamento e comodidades no Novo 3008. O carro impressiona em todos os sentidos com destaque para acabamento interno e estilo futurista incorporado.

Em ano de FENATRAN comemoramos os 60 anos de presença no Brasil da Scania e da Ford Caminhões. A feira mudou de lugar, ficou ainda mais bonita e o mercado parece que vai realmente retomar o crescimento.

A Chevrolet trouxe seu SUV mais completo para o Brasil: Equinox. Repleto de tecnologias e com a mesma motorização do Camaro, o carro anda muito.

E falando em andar muito, agora é só esperar mais alguns metros e entrarmos numa quilometragem nova. Que tenhamos paz, amor e saúde para enfrentar o ano imprevísivel com copa do mundo e eleições. Não há dúvidas que será um ano rápido, então é preciso ter atenção e dirigir com segurança para não perder o traçado. Feliz 2018 para todos nós!


Tarcisio Dias é profissional e técnico em Mecânica, além de Engenheiro Mecânico com habilitação em Mecatrônica e Radialista, desenvolve o site Mecânica Online® (www.mecanicaonline.com.br) que apresenta o único centro de treinamento online sobre mecânica na internet (www.cursosmecanicaonline.com.br), uma oportunidade para entender como as novas tecnologias são úteis para os automóveis cada vez mais eficientes.