Concessionária faz explosões para liberar a rodovia Régis Bittencourt




A chuva que atingiu a cidade de Miracatu, na região do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo, provocou um deslizamento de terra e interditou a rodovia Régis Bittencourt, no domingo (7). Na manhã desta segunda-feira (8), segundo a concessionária que administra a rodovia, estão sendo feitos trabalhos de explosão das rochas que caíram na pista.

A chuva começou na madrugada de domingo, o nível do córrego Prainha subiu e o rio transbordou. Por volta das 9h, grandes pedras deslizaram e bloquearam uma das faixas da Rodovia Régis Bittencourt, na altura do km 403, no sentido São Paulo. Ninguém ficou ferido. Uma faixa da estrada precisou ser interditada.

Na manhã desta segunda-feira, a concessionária informou que já está realizando implosões nas rochas que causaram a interdição. Foi preciso fazer mais de duas explosões para destruir uma pedra que bloqueava uma faixa. Para o trabalho de remoção da rocha, a rodovia está sendo totalmente interditada durante alguns períodos no sentido São Paulo e o congestionamento da região chegou a 23 quilômetros, entre os km 426 e o km 403. Ainda não há previsão de quando o trecho será liberado.

Desabrigados

Segundo informações da Defesa Civil de Miracatu, houve pequenos deslizamentos de terra no bairro Barra Funda. As estradas da Barra Funda e do Peniche estão interditadas, já que ficaram submersas em razão da elevação do nível da água. Já no bairro Araribá, uma família ficou desabrigada devido aos alagamentos nas região.

Nos bairros Vila São José e Vila Formosa, no centro, há pontos de alagamento e algumas residências também foram prejudicadas. Até a noite deste domingo, ao menos 39 famílias estavam desalojadas e foram abrigadas em casas de parentes. A Defesa Civil ainda informou que equipes das prefeituras trabalham para tentar conter os danos e deve decretar estado de emergência nesta segunda-feira.

Fonte: G1




Deixe sua opinião sobre o assunto!