PRF registra aumento de 89% em multas por excesso de peso em Pernambuco




A Polícia Rodoviária Federal (PRF) autuou 1.156 motoristas nas rodovias de Pernambuco por excesso de peso em veículos de carga, entre os meses de janeiro e dezembro de 2017. Houve aumento de 89% em relação a 2016, quando foram emitidas 610 multas pela infração.

De acordo com a PRF, ao todo, mais de 6,9 mil toneladas de carga em excesso foram registradas durante as fiscalizações, que são realizadas por meio de balanças certificadas e pela verificação do documento fiscal das mercadorias. Em 2016, foram verificadas 4,1 mil toneladas, um aumento de 68%.

O excesso de peso é uma infração média, com multa de R$130,16, que pode ser acrescida a cada 200 quilos de carga acima do limite legal.Também é prevista a retenção dos caminhões para que seja feita a transferência da carga excedente para outro veículo.

LEIA MAIS  Cenário para demanda de caminhões faz Volvo melhorar previsões

A fiscalização é realizada por causa dos prejuízos causados pelo excesso de carga à malha viária, pelo desgaste ocasionado nos veículos e por causa dos riscos à segurança no trânsito, já que o peso causa desgaste prematuro do sistema de freios e danos à suspensão.

Flagra

O motorista de um caminhão foi flagrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na quinta-feira (22), ao despejar areia na Rodovia BR-232, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Segundo a corporação, ele tentou se desfazer de parte da carga para fugir de multa por transportar mercadoria com excesso de peso.

LEIA MAIS  Conab estima recorde da safra de grãos

Diante da irregularidade, o motorista foi autuado por três infrações. Por isso, recebeu uma multa de R$1.205,36, por trafegar com excesso de peso. Também levou notificações por derramar carga sobre a rodovia, no valor de R$293,47, e por desobediência, que corresponde a R$195,23.

Fonte: G1




Deixe sua opinião sobre o assunto!