Caminhoneiros denunciam abuso da PRF na BR-163




Motoristas reclamam de perseguição da PRF (Policia Rodoviária Federal) na rodovia BR-163, eles recebem multas por falta de pára-choque, e outros acessórios que são destruídos pela péssima conservação da rodovia no Pará.

Um caminhoneiro , faz o trajeto entre Sinop no Mato Grosso até o Porto de Miritituba no Pará, fez um vídeo acusando a PRF de multá-los por falta de equipamentos [assessórios] que segundo ele caem no trecho de mal conservação e esquece de cumprir o papel deles de fiscalizar principalmente os motoqueiros que trafegam por ela sem capacete e outros equipamentos de segurança.

Ele reclama que não há uma fiscalização no trânsito – “eles estão em um Hotel na cidade de Trairão, e quando vão para serviço na rodovia escolhem os caminhões que transportam grãos e os multam por falta de equipamentos (para choque, pára-lama, etc) , que são danificados pela má conservação da rodovia , enquanto isto os motoqueiros transitam pela BR 163 sem capacete e outros equipamentos de segurança, eles passam pelos policiais e não são abortados”, enquanto isto os motoristas de caminhão que trabalham arduamente são multados neste País sem vergonha, divulgou no vídeo.

LEIA MAIS  American Truck Simulator ganha novo DLC Special Transport

“Não vejo fiscalização nenhuma da Polícia Rodoviária Federal. Nesses meses fomos parados apenas para a ser multado, a gente tenta cumpri as normas certinhas, gente vê imprudência todos os dias na estrada, os motoqueiros andam nessa BR de qualquer jeito, precisa de uma fiscalização constante”, e deixar nos trabalhar, comenta.

LEIA MAIS  Operação Finados da PRF chega ao fim com redução de 21% do número de acidentes

Em nota a PRF divulgou que a “Operação Radar BR 163″, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) está sendo realizada na Rodovia Transamazônica (BR 163 e BR 230) para auxílio aos motoristas que enfrentam problemas para trafegar pela rodovia.

Fonte: Folha do Progresso




2 comentários em “Caminhoneiros denunciam abuso da PRF na BR-163

  • 17/03/2018 em 23:55
    Permalink

    Funcionários públicos ou federais ou estaduais no estado do Pará acham que são donos do mundo , intimidar para lucrar é papel deles

    Resposta
  • 17/03/2018 em 18:37
    Permalink

    Apoio? So se for p o bolso deles, pq p os motorista é so abuso de autoridade. Imagina num trecho de trinta km de lama se vc chega com as lanternas e as fachinhas refletivas limpas?

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!