Ritmo de demissões desacelera no setor de transporte e logística




O setor de transporte e logística ainda passa por um ciclo de demissões relacionado à crise, mas o ritmo de desligamentos já mostra sinais de desaceleração, acompanhando o processo de saída da recessão no Brasil. O crescimento de 1% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro em 2017, embora modesto, reativou a demanda por serviços de deslocamento na economia, o que explica, em parte, a redução do saldo de desligamentos na atividade transportadora.>

Segundo dados do Ministério do Trabalho, as empresas de transporte e logística fecharam 10.676 vagas em 2017 e encerraram o ano com 2.157.407 postos de trabalho preenchidos, 0,5% menos que o ano anterior.

Para comparar, em 2016, ano mais severo da recessão econômica brasileira para o transporte, foram cortados 105.486 postos. Naquele ano, houve diminuição de 4,6% no número de vagas no setor, em relação a 2015.

Em alguns segmentos, as contratações já superam as demissões, com acréscimos no número de empregos formais. É o caso, por exemplo, do segmento de atividades auxiliares ao transporte, que registrou criação líquida de 3.216 vagas em 2017, em serviços relacionados a carga e descarga, depósitos de mercadorias e operações de transporte multimodal. O segmento ferroviário também teve saldo positivo, com acréscimo de 920 vagas em 2017, após já ter gerado um saldo positivo de 1.540 vagas em 2016.

A evolução das contratações e demissões no setor como um todo é fortemente impactada pelo desempenho do transporte rodoviário, que responde por cerca de 60% da matriz de transporte brasileira. Em 2017, as empresas do segmento fecharam 13.627 postos de trabalho, número bem inferior ao de 2016, quando foram cortadas 84.655 vagas.

Estoque de Empregos Formais – Setor de Transporte, Armazenagem e Correio

Segmentos 2015 2016 2017
Transporte terrestre (A) 1.740.127 1.656.963 1.644.228
Transporte ferroviário e metroviário 66.600 68.140 69.060
Transporte rodoviário 1.669.801 1.585.146 1.571.474
Transporte dutoviário 3.359 3.310 3.353
Trens turísticos, teleféricos e similares 367 367 341
Transporte aquaviário (B) 43.492 42.604 41.456
Transporte aéreo (C) 68.562 63.871 63.862
Setor de transporte (A+B+C) 1.848.414 1.759.755 1.749.546
Armazenamento e atividades auxiliares (D) 421.388 404.645 407.861
Setor de transporte e logística (A+B+C+D) 2.273.569 2.168.083 2.157.407
Correio e outras atividades de entrega (E) 182.627 175.781 168.997
Setor de transporte, armazenagem e correio (A+B+C+D+E) 2.456.196 2.343.864 2.326.404

Fonte: Agência CNT de Notícias




Deixe sua opinião sobre o assunto!

error: Cópia de conteúdo desabilitada !!