Polícia Rodoviária Federal vai ampliar sistema de fiscalização eletrônica




A Polícia Rodoviária Federal (PRF) vai ampliar o Alerta Brasil, que é o monitoramento e fiscalização eletrônica de rodovias federais em todo o país. O sistema permite monitorar veículos através de imagens, identificando carros roubados, clonados ou com problemas de documentação.

O lançamento da ampliação do projeto foi feito nessa segunda-feira, na Superintendência da PRF no Rio. O evento teve a presença do ministro Extraordinário da Segurança Pública, Raul Jungmann, e do diretor-geral da PRF, Renato Dias.

Em 2017, a PRF recuperou mais de 7 mil carros roubados em todo o país. Somente no Rio, o montante representou quase 20% do total de veículos recuperados.

LEIA MAIS  PRF realiza leilão de veículos apreendidos em Ubatuba-SP

De 3 para 21 pontos

O monitoramento e fiscalização eletrônica das rodovias federais são associados ao trabalho de análise de inteligência. As abordagens tornam-se mais eficientes e possibilitam melhores resultados no policiamento.

Atualmente, o Alerta Brasil conta com três pontos de fiscalização no Rio. Serão incluídos 18 locais, totalizando 21 pontos de controle eletrônico nas rodovias federais do estado. Em todo o país, a Polícia Rodoviária Federal deverá contar com mais de 300 pontos de checagem.

Com a ampliação do Alerta Brasil, o número de veículos roubados recuperados pelo órgão deve aumentar. Para denúncias, a PRF pode ser acionada através do telefone de emergência 191.

LEIA MAIS  PRF registra 193 acidentes graves durante Operação Nossa Senhora Aparecida 2018

Fonte: O Dia




Um comentário em “Polícia Rodoviária Federal vai ampliar sistema de fiscalização eletrônica

  • 17/04/2018 em 19:16
    Permalink

    A real intenção não é recuperar carros roubados, mas sim arrecadar ainda mais Com multas de trânsito! Parabens ao governo. Moramos no Brasil.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!