Caminhoneiros fazem protestos na BR-163 em Cuiabá




Caminhoneiros realizam na manhã desta segunda-feira protestos na BR-163, na região de Cuiabá (MT), importante vetor para o escoamento da safra agrícola do Brasil.

Contrários à alta dos preços dos combustíveis, os caminhoneiros anunciaram ainda na sexta-feira que promoveriam atos nesta segunda.

Na BR-163, principal rota que liga áreas produtoras de grãos de Mato Grosso a terminais ao norte e sul do país, a manifestação ocorre na zona industrial de Cuiabá, segundo a assessoria de imprensa da concessionária que administra da rodovia. Apenas veículos de passeio são autorizados a passar.

Há ainda ao menos dois protestos na Via Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, e também na Anhanguera, perto de Americana, no interior paulista, segundo as concessionárias responsáveis por essas estradas.

LEIA MAIS  Transportadoras ignoram tabela de frete e cobram preço antigo

Procurada, a Associação Brasileira de Caminhoneiros (Abcam), que organiza a greve, não tinha de imediato um levantamento sobre todos os pontos com protestos no Brasil.

O movimento cobra do governo reduzir a zero a carga tributária sobre o diesel, principal combustível consumido no país.

Desde que a Petrobras implantou em julho passado um sistema de reajustes mais frequentes de preços dos combustíveis, para refletir cotações internacionais do petróleo e do câmbio, tanto o diesel quanto a gasolina tiveram aumentos de quase 50 por cento nas refinarias da empresa.

LEIA MAIS  Na China, caminhoneiros bloqueiam estradas contra preço do combustível

A greve dos caminhoneiros acontece enquanto a Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis), que representa os donos de postos, apela por mudanças tributárias, afirmando que a política de preços da Petrobras está causando prejuízos ao setor.

A última vez que os caminhoneiros promoveram protestos em âmbito nacional foi no início de 2015, quando exigiram redução de custos com combustível, pedágios e tabelamento de fretes.

Fonte: Reuters




Um comentário em “Caminhoneiros fazem protestos na BR-163 em Cuiabá

  • 21/05/2018 em 20:29
    Permalink

    Só para porque gestores incompetentes e corruptos por lobbies dos grandes fabricantes automotivos não investiram num transporte mais seguro e mais barato que o rodoviário o ferroviário e agora o Brasil paga a conta.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!