Governo do Paraná descarta uso da força contra caminhoneiros




O governo do Paraná anunciou, na tarde desta sexta-feira (25), que vai abrir mão de solicitar o apoio de forças nacionais de segurança pública para desbloquear rodovias afetadas pela greve dos caminhoneiros. O chefe da Casa Militar, coronel Maurício Tortato, destacou que a prioridade do estado é apostar no “diálogo equilibrado” e nas negociações com os caminhoneiros que, segundo ele, estão se desenrolando de forma bastante satisfatória. O posicionamento do Paraná ocorreu após o presidente Michel Temer (MDB) ter anunciado em cadeia nacional que o governo federal autorizou o uso de forças federais para acabar com as manifestações.

“Não imaginamos que tenhamos a necessidade de utilizar a força (…) No Paraná, não temos situações conflagradas que possam sugerir o uso da força”, disse o coronel.

Pela manhã – antes mesmo do anúncio de Temer – , a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) recebeu um telefonema da Força Nacional de Segurança, oferecendo apoio para desbloquear as estradas. À tarde, as autoridades estaduais fizeram uma videoconferência com a cúpula federal, mas descartaram o reforço. No entanto, o secretário de Segurança do Paraná, Júlio Reis, apontou que a pasta monitora continuamente o desenrolar da manifestação – que já soma mais de 240 pontos de bloqueio em todo o Paraná.

LEIA MAIS  Letsara Transportes tem novas vagas para motoristas internacionais Mercosul

“Nós estamos de prontidão e vamos continuar analisando”, disse o secretário.

Diálogo e acordo

O principal fator que levou o Paraná a recusar o apoio federal é o fato de as negociações com os caminhoneiros estarem caminhando dentro do que o governo do estado espera. Na noite de quinta-feira (24), a Defesa Civil do Paraná e os líderes dos caminhoneiros firmaram um acordo, por meio do qual os manifestantes se comprometeram a liberar o passagem de cargas consideradas essenciais – como insumos hospitalares, ração animal, cargas vivas e combustível para ambulâncias e viaturas.

LEIA MAIS  PRF autua caminhoneiros que portavam rebites em caminhões

“Nós estabelecemos prioridades e elas estão sendo respeitadas”, resumiu o coronel.

A expectativa do governo é de que, a partir deste acordo, os efeitos da greve possam ser minimizados – o que já vem ocorrendo em alguns setores produtivos. Como exemplo, Tortato mencionou que os fluxos de ração para a indústria avícola já ocorrem dentro do previsto, com o insumo chegando normalmente aos produtores. Apesar disso, o coronel mencionou que houve alguns poucos casos pontuais em que os manifestantes se negaram a liberar as cargas, mas todos esses episódios foram, segundo ele, rapidamente solucionados com a negociação de órgãos de segurança.

Fonte: Gazeta do Povo




7 comentários em “Governo do Paraná descarta uso da força contra caminhoneiros

  • 28/05/2018 em 00:49
    Permalink

    Acredito que estava sim na hora de isso aço tecer . ei estou com os caminho neiros esta luta não é só deles não é de todos os Braseiros. Nós não aguéntamos mas tanto sofrimento , pois este governo que aí estar , não estar nem aí para o sofrimento do povo Brasileiro , até parece que estamos sendo governados por um governo estrangeiro. Precisamos sim apoiar com muita forma os nossos verdadeiros representantes que agora são os nossos irmãos caminhoneiros. Deus abençoe o Brasil.

    Resposta
  • 26/05/2018 em 22:20
    Permalink

    Boa noite! Parabenizo a classe dos caminhoneiros pela atitude tomada de parar o país. Sinto pela população não se mobilizar para combater e desgoverno que está ai.

    Resposta
  • 26/05/2018 em 12:23
    Permalink

    Caminhoneiros, aguentem firme. Todo mundo apóia vcs. Paraná, gente competente.

    Resposta
  • 26/05/2018 em 10:41
    Permalink

    Todo o Distrito Federal e Goiás estão com vocês. Estamos a postos pra ir para as ruas. POR FAVOR CONTINUEM. NAO CEDAM A QUALQUER PRESSÃO DESSE GOVERNO IMUNDO. NÓS CONFIAMOS EM VOCÊS E ESTAMOS COM VOCÊS. ATÉ A POLÍCIA E FORÇAS ARMADAS ESTÃO AO LADO DE VOCÊS, INDEPENDENTE DA DETERMINAÇAO COM USO DE MENTIRAS USADA POR ESTE GOVERNO. NOSSA CONFIANÇA EM MUDAR ESTE PAÍS ESTÁ PRIMEIRAMENTE EM DEUS E EM SEGUNDO NA UNIÃO DE VOCÊS GUERREIROS CAMINHEIROS CAMINHEIRO. *POR FAVOR, NÃO DESISTAM! VOCÊS SÃO NOSSOS HERÓIS!*
    Preciso de gasolina? Sim, preciso, mas minha necessidade de ver alguma coisa sendo mudada neste país contra os mandos e desmandos abdurdos deste governo corrupto e ilegítimo é muito maior. ESTAMOS COM VOCÊS! Vamos pra rua meu povo apoiar nossos heróis! A hora é agora!!!

    Resposta
  • 26/05/2018 em 07:45
    Permalink

    QUERO PARABENIZAR A BRAVURA E DETERMINAÇÃO DOS CAMINHONEIROS E SE NÃO FOSSE O MEU CANCER E PROBLEMAS DE SAUDE EU COM CERTEZA ESTA LEVANDO APOIO A ELES EM ALIMENTAÇÃO E MUITO MAIS, E VOU ORAR MUITO A DEUS QUE LHES CONCEDA ESSA VITORIA QUE SERA TAMBEM DE TODO POVO BRASILEIRO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

    Resposta
  • 26/05/2018 em 03:47
    Permalink

    Parabéns aos bravos caminhoneiros, verdadeiros guerreiros que fazem o Brasil andar. Vocês tem o nosso pleno apoio, o povo brasileiro de bem está com vocês. A única intervenção que deve ocorrer é em Brasília, pra derrubar esse governo comunista currupto!!!

    Resposta
  • 25/05/2018 em 22:38
    Permalink

    Caminhoneiros, o povo apóia vcs! São só mais alguns dias e a vitória vira!

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!